Mesmo sem nenhuma pretensão em um adeus melancólico acompanhado por menos de dois mil torcedores na Fonte Nova, o Bahia venceu o Atlético-GO por 1 a 0, neste sábado (28), e fechou a Série B do Brasileiro nesta 38.ª rodada com vitória.

O placar deixou o time baiano com 58 pontos, mas apenas na nona posição e muito distante do América-MG, quarto colocado, com 65 pontos, e que está garantido na primeira divisão nacional de 2016. Do outro lado, o Atlético-GO fecha o ano com apenas 46 pontos, na 14.ª posição.

O jogo começou movimentado, com o Bahia pressionando pelo resultado para fechar a temporada com chave de ouro. E no primeiro tempo deu tudo certo. A defesa do Atlético-GO vacilou e Vítor Costa ficou com ela. O jogador ainda ajeitou antes de arriscar de longe. A bola quicou na frente do goleiro Marcos e entrou.

Mesmo com a vantagem no placar, o Bahia seguiu pressionando o adversário, mas deu margem para o contra-ataque goiano. Aos 23 minutos, Junior Viçosa aproveitou uma falha da defesa e ficou frente a frente com o goleiro baiano, mas ele tentou o drible e se complicou com a bola, facilitando a defesa de Jean. Antes do intervalo, o time da casa ainda acertou a trave com o lateral Vítor.

Assim como na primeira etapa, o segundo tempo começou aberto na Arena Fonte Nova. Logo aos dois minutos, Samuel invadiu a área pela esquerdo e mandou na trave do goleiro Jean, assustando a torcida. Na cobrança de escanteio em seguida, Marllon subiu mais que todo mundo e mais uma vez quase empatou o confronto.

Como já era esperado, o time do Bahia cansou em campo e perdeu volume de jogo, dando campo para o adversário pressionar. Aos 40 minutos, mais uma vez o Atlético-GO acertou o travessão do goleiro Jean. Em cobrança de falta, a bola foi alçada na grande área e Arthur subiu mais que todo mundo para testar. Ainda assim, o árbitro apitou a vitória do time da casa.

FICHA TÉCNICA:

BAHIA 1 X 0 ATLÉTICO-GO

BAHIA - Jean; Apodi, Gustavo, Rodrigo e Vitor Costa; Yuri, Paulinho Dias, Gustavo Blanco (Juninho) e Jacó (Rodrigo Rodrigues); Jeam (Rômulo) e João Paulo Penha. Técnico: Aroldo Moreira.

ATLÉTICO-GO - Marcos; Bruno Moura (Ayrton), Marcus Winícius, Marllon e Samuel; Régis (Raphael Luz), Washington, Pedro Bambu e Jorginho; Arthur e Júnior Viçosa (Caíque). Técnico: João Paulo Sanches.

GOL - Vítor Costa, aos 20 minutos do primeiro tempo.
ÁRBITRO - Claudionor dos Santos Junior (SE).
CARTÕES AMARELOS - Paulinhos Dias, Gustavo Blanco, Jacó e Jeam (Bahia); Marllon e Jorginho (Atlético-GO).
RENDA - R$ 25.630,00.
PÚBLICO - 1.807 pagantes.
LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).