Após um bom retorno ao time na vitória por 1 a 0 sobre o Tricordiano, na última rodada do Campeonato Mineiro, o zagueiro Bruno Rodrigo espera manter-se entre os titulares e não figurar mais no banco de reservas. Porém, o camisa 4 da Raposa entende que os testes feitos pelo técnico Deivid, que vem testando outros atletas na posição, são fundamentais para a armação da equipe no restante da temporada.

"Estamos ainda no começo de trabalho e o Deivid ainda procura pela time ideal, mas acho que o Cruzeiro tem várias peças, em todas as posições, e que podem entrar para suprir a falta. Tive a oportunidade agora, procurei fazer meu melhor. O ano vai ser de muito trabalho e todos vão precisar estar à disposição e vão precisar estar bem para entrar, porque com certeza será necessário usar todo o nosso elenco ao longo da temporada" comentou Bruno. "Temos Manoel, Dedé, Léo, Bruno Viana, Fabrício e todos estes têm condições de ajudar o Cruzeiro, então todos estamos focados para quando chegar o momento de entrar na partida poder desempenhar um bom papel e dar conta do recado", acrescentou.

Ainda aperfeiçoando a parte física, prejudicada após a  lesão que sofreu no fim do ano passado, o defesor garante que a equipe está em evolução e que seu futebol crescerá junto com o do time, gradativamente.

"É natural, nas férias eu procurei descansar bastante pois no final do ano tive uma lesão no adutor  e não participei do último jogo. Mas estou bem nesse momento, é lógico que no começo de ano a gente ainda cansa um pouco nos finais dos jogos e estou revezando na posição, mas estou 100% e com a cabeça boa. A nossa intenção é fazer um grande ano e estamos caminhando para isso. Esse último jogo já foi melhor e vamos evoluir gradativamente para alcançar o ápice quanto antes melhor", explicou o camisa 4.

O próximo desafio da equipe celeste é no próximo domingo (28), quando encara o América, 16h, no Mineirão.