Aos poucos, Marcos Vinícius vem colhendo os frutos no Cruzeiro. Autor de dois gols nos últimos dois jogos, ele tem se consolidado nesta reta final de temporada como uma das principais peças ofensivas de Mano Menezes.
 
Mas a trajetória até a conquista de uma vaga na equipe titular não foi nada fácil para o jovem de 20 anos.

Contratado no ano passado para reforçar a equipe júnior, Marcos Vinícius foi integrado ao time profissional no início da temporada, mas teve poucas oportunidades com o então técnico Marcelo Oliveira.

Foram apenas três partidas com o antigo treinador, sendo somente uma como titular.
As chances com mais frequência vieram com Vanderlei Luxemburgo, e, agora, com Mano Menezes.

Titular do time desde a saída de Allano, que teve uma lesão no tornozelo esquerdo, Marcos Vinícius se mostra cada vez mais adaptado ao time. Foi ele o autor do gol do empate por 1 a 1 contra o Palmeiras, no último sábado.

O gol não foi suficiente para dar a vitória ao Cruzeiro, que acabou vendo as chances de chegar ao G-4 se reduzirem drasticamente. Mas, para Marcos, foi encarado como mais uma afirmação na carreira.

Isso porque o jogador teve que conviver com os problemas de asma, um dos grandes empecilhos na curta trajetória no futebol. A doença exige acompanhamento regular de especialistas e médicos do Cruzeiro.

Além disso, o agente dele, Guilherme Calvacanti, responsabiliza-se por financiar um tratamento particular para que ele não tenha futuros problemas. “O controle da asma é diário. Ele vem evoluindo muito bem e a dosagem diminuindo. A tendência é a de que no futuro ele não precise mais de medicação”, afirma o agente.

Asma

No ano passado, quando ainda defendia o Náutico, MarcosVinícius foi substituído aos 28 minutos de jogo sob vaias da torcida por não conseguir correr devido a asma. Na ocasião, ele não conteve as lágrimas após a partida.

Até 2018

De astral renovado no Cruzeiro, o meia-atacante já tem um pré-contrato assinado com o clube e só aguarda o fim do Campeonato Brasileiro para assinar em definitivo o novo compromisso.

“Estou tranquilo. Já assinei um pré-contrato. Agora é só esperar dia 7 para assinar um definitivo”, disse Marcos Vinícius.

“Já temos um acordo com o Cruzeiro de três anos. Ele é atleta do clube até dezembro de 2018”, emendou o agente Guilherme Calvacanti.