Embasado no trabalho do dia a dia e na evolução de sua equipe, o técnico Vagner Mancini já fez sua previsão: “Estou muito convicto de que faremos uma bela temporada e um ótimo segundo turno”. Para transformar esse pensamento do treinador em realidade, o América busca mais um triunfo na competição nesta segunda-feira (16), às 20h, contra a Chapecoense, na Arena Condá, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois times se encontram na zona de rebaixamento, só que o Coelho tem dez pontos de vantagem sobre o lanterna, a Chape, e tenta aumentar sua série de invencibilidade. Aliás, o time mineiro espera alcançar o maior período sem derrota em sua história na Era dos Pontos Corridos do Nacional, iniciada em 2003.

O América participou de somente quatro edições do torneio, incluindo a atual, nesse tipo de disputa, e a maior sequência invicta da equipe nesse formato é de quatro partidas, obtida duas vezes.

Em 2016, o Alviverde chegou uma série positiva que compreendia os empates com a Ponte Preta (1 x 1) e o Figueirense (2 x 2) e os triunfos em cima de Internacional (1 x 0) e Botafogo (1 x 0). Essa quadra se repetiu justamente em 2021, com a chegada de Vagner Mancini, quando o time somou, de forma consecutiva, duas igualdades, com Juventude (1 x 1) e o Colorado (1 x 1), e duas vitórias, sobre Bahia (4 x 3) e Santos (2 x 0).

Nas outras edições que disputou, o América cravou quatro trincas de invencibilidade, sendo duas em 2011 e outras duas em 2018.

Evolução

Em constante melhora dentro de campo, o Coelho vem de dois empates fora de casa, com Grêmio e Atlético-GO, ambos por 1 a 1, e um triunfo para cima do Fluminense, no Independência, por 1 a 0, e tem uma boa possibilidade de aumentar essa série.

O foco está totalmente voltado para o duelo com a Chapecoense, pior mandante da competição, com apenas um ponto conquistado de 21 disputados. Ou seja, é uma ótima oportunidade para o América no objetivo de deixar a zona da degola.

Depois desse desafio, o Coelho terá dois compromissos dentro de casa, diante do Bragantino e do Ceará, nos dias 23 e 29, respectivamente. Confrontos esses fundamentais na missão de permanecer na Série A e que também podem dar ao clube alviverde sua maior série invicta na Era dos Pontos Corridos do Brasileiro.

América