Demitido do comando do Cruzeiro nesta terça-feira (8), o técnico Enderson Moreira divulgou um comunicado de despedida do clube estrelado.

No texto, Enderson agradece à diretoria pelo tratamento recebido durante sua passagem pela Toca da Raposa II.

"Queria agradecer ao conselho gestor, pelo convite e pela oportunidade que nos foi dada, ao presidente Sérgio Santos Rodrigues, ao diretor técnico, Deivid, ao diretor de futebol, Ricardo Drubscky, e ao executivo de esportes, André Argolo, pela completa transparência e honestidade na condução dos trabalhos", afirmou o treinador.

Na nota, Enderson Moreira ainda destacou a gravidade do momento que o Cruzeiro atravessa e a importância do apoio da torcida na reconstrução do clube .

"Ressalto, na minha despedida, a importância de todos entenderem o momento de reestruturação que passa o Cruzeiro, muito mais profundo e delicado que os que estão de fora imaginam. O presidente tem tido uma conduta muito séria, uma postura muito firme para conduzir o clube por esse caminho difícil, mas é preciso que todos os torcedores abracem esse projeto, pois não será fácil".

O ponto final da história do treinador na Raposa foi o empate por 1 a 1 com o CRB, nesta segunda-feira (7), no Mineirão, pela 8ª rodada da Segunda Divisão. O jogo marcou a sequência de seis partidas do time celeste sem vitória e, consequentemente, à proximidade da zona de rebaixamento na Série B.

Enderson Moreira chegou ao clube em meados de março para substituir Adilson Batista, demitido após a derrota por 1 a 0 para o Coimbra, no Campeonato Mineiro. Enderson deixa o Cruzeiro com 58% de aproveitamento, já que comandou o time em 12 jogos e obteve seis vitórias, três empates e três derrotas.

 

Veja a nota de Enderson Moreira na íntegra

 

“Nesta manhã, tive uma reunião com toda a diretoria no Cruzeiro e ficou decidido pelo encerramento dos meus trabalhos no clube.

 

Queria agradecer ao conselho gestor, pelo convite e pela oportunidade que nos foi dada, ao presidente Sérgio Santos Rodrigues, ao diretor técnico, Deivid, ao diretor de futebol, Ricardo Drubscky, e ao executivo de esportes, André Argolo, pela completa transparência e honestidade na condução dos trabalhos.

 

Ressalto, na minha despedida, a importância de todos entenderem o momento de reestruturação que passa o Cruzeiro, muito mais profundo e delicado que os que estão de fora imaginam. O presidente tem tido uma conduta muito séria, uma postura muito firme para conduzir o clube por esse caminho difícil, mas é preciso que todos os torcedores abracem esse projeto, pois não será fácil.

 

Por fim, fica meu agradecimento ao grupo de jogadores, pela dedicação, aos demais funcionários do Cruzeiro e à imprensa. A todos que estiveram conosco nessa breve, mas intensa jornada, deixo meu muito obrigado e meu desejo de sucesso na sequência da temporada. Um forte abraço!

 

Enderson Moreira”.