Uma verdadeira zebra aconteceu neste sábado (13), em Contagem. Líder isolado da primeira fase da Superliga Masculina de Vôlei, o Sada Cruzeiro viveu dia de "apagão" e acabou derrotado pelo Itapetininga por 3 sets a 0 (25/17, 25/22 e 25/22), na primeira partida das quartas de final. 

“Viemos de algumas partidas não muito boas e sabemos do potencial da nossa equipe. Todos ajudaram, todos mereceram esse troféu, principalmente porque sabemos da dificuldade que é jogar contra uma equipe como o Sada Cruzeiro", disse Carísio, levantador da equipe vencedora.

“Sabemos que o Sada é montado para disputar todos os títulos que disputar. Nós demos um grande passo nessa, mas sabemos o quanto é difícil encarar o time deles”, acrescentou.

O segundo confronto, inicialmente marcado para São Paulo, deve ser novamente disputado no Riachão,  devido às restrições do governo paulista em resposta a pandemia da covid-19. As equipes entram em quadra na quarta-feira (17), a partir das 16h30.

“Não tirando o mérito deles que jogaram muito bem, a nossa postura tem que ser outra", disse o central Otávio.