"Após o término do jogo, entrar no campo de jogo e com dedo em riste apontar para o adversário de número 17 e dizer as seguintes palavras: 'vai tomar no...  seu debochado'. Após ser expulso o atleta, transtornado, proferiu ainda as seguintes palavras: 'vai tomar no seu... Ronei, seu filho da...', tendo que ser retirado por funcionários da sua equipe". Foram com estas palavras que o árbitro Ronei Cândido Alves relatou em súmula a expulsão do atacante Felipe Augusto.

Titular desde que chegou ao Cruzeiro, completando dois jogos com a camisa celeste, o jogador de 28 anos recebeu o vermelho já após o apito final do duelo desta quarta-feira (3), em que a Raposa acabou derrotada pela Caldense, por 1 a 0, em pleno Mineirão. Felipe se envolveu numa discussão com Dênis, da Veterana, e, assim como o adversário, acabou sendo punido com a expulsão.

Com auxílio do site 'ogol', a reportagem não encontrou outros registros de vermelho para Augusto como atleta profissional. O primeiro, porém, pode levá-lo a um gancho salgado, principalmente pelas ofensas proferidas ao árbitro do jogo.

No próximo sábado (6), a Raposa encara a URT, em Patos de Minas.

Leia Mais:
Felipe Conceição admite que parte psicológica precisa ser melhor trabalhada no Cruzeiro
'Esperamos tirar a desconfiança de todo mundo', ressalta o atacante Rafael Sóbis, após derrota
Cruzeiro vacila e é derrotado para a valente Caldense em pleno Mineirão