Foi do jeito que o atleticano gosta. Em um grande jogo, o Galo venceu o Santos por 2 a 1, de virada, na noite dessa quinta-feira (6), no Pacaembu, e se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil.

Cazares e Chará foram os nomes da partida. O meia equatoriano comandou as ações no meio campo e fez as duas assistências para o atacante colombiano, que ratificou a boa fase, e marcou os gols que garantiram o time comandado pelo técnico Rodrigo Santana na próxima fase do torneio.

O Santos saiu na frente do placar com Gustavo Henrique, aos cinco minutos do primeiro tempo, após o zagueiro aproveitar cobrança de escanteio pela direita.

Mesmo com a pressão santista durante boa parte de jogo, o Alvinegro das Alterosas mostrou organização defensiva e conseguiu segurar as investidas do time de Jorge Sampaoli.

No ataque, a movimentação de Chará e Cazares criaram muitas dificuldades para os zagueiros do Peixe. Mesmo com a menor posse de bola, o Galo criou várias oportunidades e foi mais eficiente que o adversário nas finalizações. 

Classificado, o Atlético agora aguarda o sorteio dos próximos confrontos da Copa da Brasil, que vai ser realizado na próxima segunda-feira (10), na sede de CBF, no Rio de Janeiro. Além do Galo, estão garantidos na próxima fase: Flamengo, Palmeiras, Internacional, Atletico-PR, Cruzeiro, Bahia e Grêmio.

Antes, Atlético e Santos voltam a se enfrentar. Dessa vez, pelo Campeonato Brasileiro. Os times voltam a campo no domingo, às 19h, na Vila Belmiro, pela sétima rodada da competição. 

O jogo

Jogando em casa, o Santos iniciou a partida tomando conta das principais ações ofensivas. Explorando a velocidade de Marinho, o Peixe acuou o Galo no campo defensivo nos primeiros minutos.

A pressão santista deu resultado logo aos 5 minutos. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Gustavo Henrique subiu no meio de três marcadores e cabeceou no ângulo esquerdo de Victor para abrir o placar.

Nos minutos seguintes, a equipe comandada pelo técnico argentino Jorge Sampaolli seguiu no comando da partida, e o Atlético se segurou como pôde.

Depois de controlar a pressão inicial dos donos da casa, o Galo conseguiu ocupar o campo de ataque com maior frequência.

A primeira oportunidade de gol dos comandados de Rodrigo Santana veio aos 17 minutos. Luan lançou Chará, que invadiu a área, mas foi travado no momento do chute.

No lance seguinte, o atacante colombiano aproveitou um rebote na entrada da área e acertou um forte chute, exigindo boa defesa de Éverson.

O Santos respondeu com Jorge, aos 27 minutos. O lateral-esquerdo arriscou de longe, a bola desviou no caminho, e Victor defendeu.

Melhor na partida, o Atlético chegou ao empate aos 36 minutos. Cazares fez lindo lançamento pela esquerda e achou Chará, o atacante invadiu a área e tocou na saída de Everson para igualar o marcador.

Segundo tempo

O início do segundo tempo teve a mesma tônica do primeiro. Com a entrada de um meia na vaga de um zagueiro, Jorge Sampaoli soltou o Santos para cima do Atlético.

Nos primeiros minutos da segunda etapa, o Peixe fez uma blitz no campo de defesa do Galo.

Apesar do domínio santista, foi o Atlético quem teve a primeira chance de gol nos 45 minutos finais. Aos 15, Cazares aproveitou um rebote na entrada da área e bateu com perigo, por cima do gol de Éverson.

O Peixe respondeu nos minutos seguintes, com finalizações perigosas de Marinho e Jean Lucas. Na primeira delas, o goleiro atleticano defendeu, no segundo chute, a bola passou por cima da meta atleticana.

Aos 20 minutos, Ricardo Oliveira perdeu boa chance de virar o placar. O camisa 9 recebeu lançamento de Cazares, invadiu a área e bateu em cima de Éverson.

Cinco minutos depois, foi a vez de Chará desperdiçar a oportunidade de fazer o segundo do Galo. Após chute de Luan, o goleiro santista deu rebote, mas o colombiano dominou mal e a defesa afastou.

Aos 37 minutos, Gustavo Henrique quase desempatou para o Santos. Após cruzamento de Soteldo, o zagueiro se antecipou a defesa e testou com muito perigo ao gol de Victor. A bola raspou a trave do goleiro atleticano.

Em meio ao jogo franco disputado Pacaembu, as estrelas de Chará e Cazares. O meia equatoriano fez bela jogada individual pela direita e serviu Chará, que empurrou para as redes do Peixe.

Aos 44 minutos, quase o terceiro do Galo. Geuvânio bateu da entra da área, e Everson defendeu com a ponta dos dedos.

Ficha técnica

Santos 1x2 Atlético

Motivo: Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil

Estádio: Pacaembu, em São Paulo

Arbitro: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Luiz Cláudio Regazone e Michael Correia, todos do Rio de Janeiro

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Gols: Gustavo Henrique, aos cinco minutos do primeiro tempo (Santos) e Chará, aos 36 minutos do primeiro tempo e aos 39 minutos do segundo tempo (Atlético)

Cartões amarelos: Fábio Santos, Zé Welison e Adilson (Atlético); Lucas Veríssimo e Soteldo (Santos)

Público:

Renda:

Santos

Everson; Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar (Jean Mota), Gustavo Henrique: Victor Ferraz, Pituca, Jean Lucas, Sánchez (Soteldo) e Jorge; Uribe (Eduardo Sasha) e Marinho. Técnico: Jorge Sampaoli

Atlético

Victor; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison (Adilson), Elias, Cazares, Luan (Geuvânio) e Chará; Ricardo Oliveira (Alerrandro). Técnico: Rodrigo Santana