A meta do Palmeiras no jogo desta terça-feira (10), às 21 horas, contra o Fluminense, no Allianz Parque, é reconquistar a sua torcida. Em jogo atrasado da 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe reencontra o público alviverde disposta a melhorar a imagem depois de na última partida como mandante ter sido eliminada na Libertadores, o que desencadeou uma série de protestos.

Desde a fatídica derrota de duas semanas atrás para o Grêmio, por 2 a 1, no Pacaembu, o Palmeiras vivenciou uma crise marcada pela demissão do técnico Luiz Felipe Scolari e pontuada por protestos da torcida contra o diretor de futebol Alexandre Mattos e contra a contratação de Mano Menezes como substituto do ex-comandante da equipe.

Pelo menos o clima ruim diminuiu no sábado. O time encerrou uma série de sete rodadas sem vitórias ao bater o Goiás por 2 a 1, no Serra Dourada. O resultado valeu muito para Mano, que estreou com resultado positivo e iniciou o árduo trabalho de conquistar a torcida. O segundo passo desse caminho será diante do Flu, com a oportunidade de vencer diante da torcida, mas com vários críticos à sua contratação.

E em caso de uma nova vitória nesta terça-feira, o Palmeiras, atual terceiro colocado, vai chegar aos 36 pontos e ficar a apenas três do líder Flamengo e a um do Santos, que vão travar confronto direto pela ponta da tabela no domingo, no Maracanã.

O time palmeirense vai ter duas mudanças contra o Flu. O volante Felipe Melo terminou de cumprir suspensão e volta na vaga de Thiago Santos. O atacante Willian, autor de um dos gols palmeirenses no triunfo de virada sobre o Goiás no último final de semana, será escalado no ataque em um trio ofensivo com Dudu e Luiz Adriano.

O Palmeiras não vai contar com o meia Zé Rafael para o jogo desta terça-feira. Como o camisa 8 sofreu uma pancada na cabeça no sábado durante o jogo contra o Goiás e teve uma concussão, os médicos do clube preferem adotar o procedimento padrão e esperar três dias para voltar a liberar o atleta para participar das atividades. Zé Rafael foi titular na vitória por 2 a 1, em Goiânia, e sua ausência abriu espaço para a entrada de Willian.

A equipe fechou a preparação para a partida desta terça-feira com um treino tático fechado na Academia de Futebol na tarde desta segunda.