Após um animador início de temporada, em que o time venceu os três primeiros jogos que disputou, o Cruzeiro vive o primeiro momento de instabilidade no ano.

A derrota por 2 a 0 para o Tombense, nessa quinta-feira (20), no Almeidão, em Tombos, em duelo atrasado da 2ª rodada do Campeonato Mineiro, encerrou a invencibilidade da Raposa em 2020.

De quebra, o time celeste chegou ao quarto jogo seguido sem vencer na temporada e deixou o G-4 do Estadual.

Em meio a essa queda de rendimento da equipe estrelada, há um fator em comum. Nos últimos cinco jogos, incluindo a vitória por 4 a 2 sobre Tupynambás, pela 4ª rodada do Mineiro, o Cruzeiro saiu atrás do placar.

Além do triunfo contra o Baeta, a Raposa teve que correr atrás do resultado nos empates contra América (1 a 1), Patrocinense (1 a 1), ambos pelo Estadual, e no confronto com o São Raimundo- RR (2 a 2). Este último pela primeira fase da Copa do Brasil, em que a igualdade no marcador garantiu a classificação do time celeste para a segunda fase do torneio.

Entretanto, se nos primeiros quatros jogos em questão a equipe comandada pelo técnico Adilson Batista conseguiu deixar o gramado pelo menos com um empate, no duelo em Tombos a história foi diferente para a Raposa.

Apático em campo, o Cruzeiro viu o Tombense controlar toda a partida e conseguir construir o placar com gols de Rubens e Cássio Ortega.

Após o duelo, o goleiro Fábio destacou a atuação do time da casa.

"A equipe do Tombense tem qualidade, tem jogadores que já jogaram na base de equipe grande ou são mais experientes. Estão com uma equipe consistente, souberam aproveitar a criação e, infelizmente, não conseguimos encaixar na saída de bola e nem a criação", afirmou o camisa 1.

Na quinta colocação do Mineiro, com os mesmos 11 pontos do Atlético (atual quarto colocado) mas com desvantagem no saldo de gols (6 a 3), o time estrelado terá tempo para se recuperar fisicamente, treinar e buscar a retomada na temporada.

O próximo jogo da Raposa será apenas no dia 1º de março, às 16h, no Mineirão, pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro.

Leia também:
Adilson lamenta derrota, elogia jogadores e diz: ‘deixaram um rombo grande e estamos pagando o preço