Cruzeiro

Agora no comando do Remo, Felipe Conceição venceu o Cruzeiro no duelo pelo primeiro turno por 1 a 0

Derrotado pelo Avaí na última rodada, o Cruzeiro viu sua chance de acesso à Série A, que já era remota, passar a ser praticamente nula. Na sua trajetória pela Segunda Divisão, a equipe celeste teve diferentes treinadores, que não conseguiram colocá-la na briga no G-4. Um desses ex-técnicos será adversário nesta quinta-feira.

Cruzeiro e Remo vão se enfrentar pela 32ª rodada da Série B. O comandante do time paraense é Felipe Conceição, que foi o treinador da Raposa até o início de junho. Em sua passagem pela Toca, foram 19 partidas, com um retrospecto de oito vitórias, três empates e oito derrotas (aproveitamento de 47,3%). 

O jogo desta quinta-feira, às 21h30, no Independência, será o segundo entre Felipe Conceição e Cruzeiro desde que o treinador deixou o comando da equipe celeste. No primeiro turno, foi ele quem saiu vitorioso, com 1 a 0 para o Remo, em Belém.

Jejum contra ex-treinadores

Entre os técnicos que comandaram o Cruzeiro na Segunda Divisão, não foi apenas Felipe Conceição que impôs um resultado negativo à equipe mineira. Até aqui, a Raposa não venceu nenhum de seus ex-treinadores.

No duelo com Mozart Santos, o time agora comandado por Vanderlei Luxemburgo perdeu para o CSA, por 2 a 1, no Independência.

Já no reencontro com Enderson Moreira, houve empate com o Botafogo, por 0 a 0, também no estádio do Horto.

Os duelos do Cruzeiro contra ex-técnicos na Série B:

Felipe Conceição - Remo 1 x 0 Cruzeiro
Mozart Santos - Cruzeiro 1 x 2 CSA
Enderson Moreira - Cruzeiro 0 x 0 Botafogo

Leia mais:
Cruzeiro: desde 2006, somente três clubes subiram para a Série A com 60 ou menos pontos