O América até que tentou. Derrotado no sorteio de mando de campo para disputar a segunda fase da Copa do Brasil, o time mineiro foi até Caxias do Sul na noite desta quinta-feira (28) para enfrentar o Juventude, mas voltou de lá com a primeira derrota no ano e com a eliminação precoce na competição. Com gols sofridos nos acréscimos do primeiro tempo e nos segundos iniciais da etapa complementar, o time mineiro até reagiu no fim do jogo com um gol de pênalti, mas não foi o suficiente para seguir adiante no torneio. Ao time mineiro, resta agora voltar os olhos para o Campeonato Mineiro, no qual briga pela liderança. Já o Juventude passa para a terceira fase da Copa do Brasil, agora em jogos de ida e volta, e enfrenta o Botafogo-PB, que derrotou o também mineiro Tombense nos pênaltis na noite desta quinta.

A partida começou com o Coelho mostrando que mesmo fora de casa estava disposto a ficar com a vaga, propondo o jogo mais que o time mandante de Caxias do Sul. Mas, apesar de criar mais chances, a equipe de Givanildo Oliveira não conseguiu ser agressiva e levou poucas chances ao goleiro adversário. Enquanto isso, os donos da casa jogavam no contra-ataque, se beneficiando já nos acréscimos, quando, após cruzamento, a bola bateu no braço direito de João Paulo e o árbitro marcou pênalti, que foi bem convertido pelo zagueiro Genílson cobrando forte no meio do gol: 1 a 0.

O segundo tempo começou assim como terminou o primeiro: da pior maneira possível para o time mineiro. Logo no primeiro lance, após belo passe de letra de Braian Rodríguez, Breno recebeu limpo e, em disputa com o goleiro americano Fernando Leal, levou a melhor e ampliou o placar: 2 a 0. O lance gerou muita reclamação do time de Givanildo, que alegou que o goleiro do Coelho foi atingido no lance que originou o gol.

Após ampliar o placar, a situação ficou bastante cômoda para o time do Rio Grande do Sul, que passou a cadenciar o jogo e a administrar a vantagem, enquanto o América tentava algo diferente, sendo mais agressivo no ataque, mas esbarrando nos próprios erros ou na marcação dos adversários. 

O time mineiro chegou até a ameaçar alguns lances de perigo na metade do segundo tempo, mas foi já quase nos minutos finais que voltou a ter esperanças. Após falta dentro da área de Victor Sallinas em cima de Jonatas Belusso, o próprio atacante bateu o pênalti e converteu para o Coelho diminuindo o placar: 2 a 1. Depois disso, o América foi todo para o ataque, ainda sonhando diante dos generosos acréscimo de cinco minutos, mas não conseguiu o empate e acabou eliminado.

FICHA DO JOGO

JUVENTUDE 2 X 1 AMÉRICA

JUVENTUDE
Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Victor Salinas e Eltinho; Aprile (Mateus Santana) e Moisés Gaúcho; Breno (Gabriel Valentini), Denner (Bruno Camilo) e Braian Rodríguez; Dalberto
Técnico: Luís Carlos Winck

AMÉRICA
Fernando Leal; Leandro Silva, Diego Jussani, Paulão e João Paulo; Zé Ricardo e Juninho; Matheusinho (Jonatas Belusso), Felipe Azevedo (Neto Berola) e Marcelo Toscano (Carlos França); Júnior Viçosa
Técnico: Givanildo Oliveira

DATA: 28 de fevereiro de 2019
LOCAL: Estádio Alfredo Jaconi
CIDADE: Caxias do Sul - RS
MOTIVO: Segunda fase da Copa do Brasil 2019
GOLS: Genílson, aos 49 minutos do 1º tempo; Breno, 45 segundos do 2º tempo; Jonatas Belusso, 43 minutos do 2º tempo
CARTÕES AMARELOS: Marcelo Carné, Genílson, Moisés Gaúcho, Gabriel Valentini, Bruno Camilo e Dalberto (JUV); Fernando Leal, Felipe Azevedo (AMÉ)
PÚBLICO: 3.192
RENDA: R$ 37.165