Nesta segunda-feira (5), às 20h, Brasil e Peru se enfrentam pelas semifinais da Copa América. Em uma reedição da decisão do último torneio, em 2019, quando o time canarinho levou a melhor por 3 a 1 e abocanhou a taça, as duas seleções terão como palco o Engenhão, alvo de críticas nos últimos dias.

O estádio, que já sediou três jogos da equipe verde e amarela na atual competição, apresentou um gramado em más condições no triunfo por 1 a 0 sobre o Chile, nas quartas de final, o que incomodou muita gente dentro da Seleção Brasileira.

"O gramado dificultou, estamos acostumados só com tapete lá fora. Mas tem que colocar a bola no chão; está ruim para nós e está para eles", disse o atacante Richarlison.

O técnico Tite, em vez de reclamar, fez um apelo, para que o duelo com o Peru fosse realizado em outro local.

"Eu faço um reconhecimento a todos vocês, da Conmebol, mas, por favor, a quem tem a responsabilidade, eu peço: encontre um campo melhor. Uma sede. Tudo vai ser melhor. O espetáculo vai ser melhor. Estou falando de uma forma muito despojada. É perigoso machucar! Atletas de alto nível. Por favor, encontre um campo melhor. Para o espetáculo", declarou.

A Conmebol, porém, manteve a partida no Engenhão, para evitar problemas relacionadas à logística.

Nesta Copa América, o estádio sediou três vitórias do Brasil, uma delas sobre o Peru, na fase de grupos, por 4 a 0. As outras foram em cima da Colômbia, por 2 a 1, e do Chile, por 1 a 0.

Sétimo duelo

Finalista em 2019, o Peru já encarou o Brasil em outras seis oportunidades na Era Tite na Seleção: o time canarinho obteve cinco triunfos e foi derrotado uma vez.

"É um adversário que conhecemos bem, e nos últimos confrontos tivemos sucesso. Agora a história é outra. Eles chegaram à semifinal com méritos. Mostra o quanto o time tem qualidade. A gente respeita muito essa equipe peruana”, afirmou o zagueiro Thiago Silva.

Para este sétimo duelo da Era Tite contra o Peru, o Brasil não terá o atacante Gabriel Jesus, expulso diante do Chile. Além disso, o lateral-esquerdo Alex Sandro continua se recuperando de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

Seleção Brasileira

Técnico Tite vai enfrentar o Peru pela sétima vez, sob o comando da Seleção