O título da Copa do Brasil de 2017 e a classificação nas oitavas de final da Libertadores do ano passado deixam a imagem de “freguesia” do Flamengo para o Cruzeiro na história recente do confronto. E isso não deixa de ser uma verdade. Mas apesar da superioridade da Raposa nos dois últimos mata-matas entre os clubes, quando se trata apenas do histórico do duelo no novo Mineirão, há empate no geral, mas também uma escrita flamenguista.

Isso porque o Cruzeiro não vence o Flamengo, no Gigante da Pampulha, desde 3 de junho de 2015, quando fez 1 a 0, gol do zagueiro Manoel, na partida que marcou a reestreia do técnico Vanderlei Luxemburgo no comando cruzeirense.

Antes deste jogo, os dois já tinham se enfrentado duas vezes no novo Mineirão, em 2013, pela Copa do Brasil e Série A, e a Raposa também venceu.

Sequência

A escrita flamenguista no novo Mineirão começa há mais de três anos, em 15 de junho de 2016, quando venceu o Cruzeiro pela primeira vez no estádio, após a reforma para as Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014). O 1 a 0 foi conquistado com um gol do zagueiro Réver.

Os dois jogos seguintes terminaram empatados, mas um deles teve sabor especial para os cruzeirenses. Em 27 de setembro de 2017, após um 0 a 0 no tempo normal, a Raposa chegou ao pentacampeonato da Copa do Brasil batendo o rubro-negro nos pênaltis, por 5 a 3, pois o jogo de ida da final, no Maracanã, tinha terminado 1 a 1.

As duas últimas partidas entre Cruzeiro e Flamengo, no Mineirão, terminaram com vitória do rubro-negro, mas sem que o time carioca tivesse o que comemorar. O 1 a 0 de 29 de agosto do ano passado decretou a eliminação da equipe da Libertadores, ainda nas oitavas, pois a Raposa tinha vencido a ida, no Maracanã, por 2 a 0.

Em 25 de novembro, nova vitória flamenguista, por 2 a 0, com show de Éveton Ribeiro, autor dos dois gols. Neste dia o time da Gávea ficou sem chances de conquistar a Série A, pois o Palmeiras venceu o Vasco em São Januário e assegurou a taça de forma antecipada.

Outro aspecto curioso é o fato de o Cruzeiro ter marcado apenas um gol nos últimos cinco jogos que disputou contra o Flamengo no Mineirão, sendo quatro deles na Era Mano Menezes. Ele foi marcado por Sassá, no empate por 1 a 1 entre os dois clubes no Brasileirão de 2017. Nas últimas três partidas, a Raposa passou em branco.

O desafio cruzeirense é quebrar essa escrita vencendo o tira-teima que fará com o Flamengo, líder isolado da Série A, no próximo sábado (21), às 17h, no Mineirão, pela primeira rodada do returno.

Arte

CLIQUE PARA AMPLIAR