Atlético

Atlético, do técnico Cuca, pode perder por até um gol de diferença para avançar na competição

Com boa vantagem, o Atlético visita o Bahia nesta quarta-feira (4), no Joia da Princesa, no duelo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, em um cenário de opostos. Enquanto o Galo está no seu melhor momento na temporada, o time nordestino vive seu pior. 

A equipe comandada pelo técnico Cuca está invicta há dez jogos (oito vitórias e dois empates), não sofreu gols nos últimos quatro confrontos e bateu o próprio Bahia duas vezes no período, por 3 a 0 (Brasileiro) e 2 a 0 (Copa do Brasil). Além disso, o Atlético luta pela liderança do Brasileiro e está nas quartas de final da Libertadores.

Do outro lado, os baianos não vencem há cinco partidas, contando as duas derrotas para o Galo. Nessa sequência, foram 12 gols sofridos e nenhum marcado.

O retrospecto é ótimo sinal para o Atlético. Após vencer o duelo de ida por 2 a 0, o Galo pode perder na Bahia por até um gol de diferença para se classificar às quartas de final. Vale lembrar que não existe critério do gol fora de casa na Copa do Brasil. Com isso, uma vitória nordestina com diferença de dois gols leva a decisão para os pênaltis.

Baixas

No entanto, o Galo também terá uma baixa: o meio-campista argentino Zaracho, peça fundamental da equipe, titular durante todo o mês passado, em que o Atlético encerrou sem uma derrota sequer.

Já do lado baiano, o volante Jonas, no departamento médico, também deve ser ausência na partida decisiva.

Premiação

Além do lado esportivo, o avanço para as quartas de final da Copa do Brasil é importante financeiramente. Os clubes classificados para o próximo estágio da competição vão ganhar R$ 3,45 milhões, cada, da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na semifinal, o prêmio aumenta para R$ 7,3 mi, e o campeão leva a bolada de R$ 56 milhões.

FICHA TÉCNICA

BAHIA
Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Correia e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Matheus Galdezani e Daniel; Rossi, Gilberto e Rodriguinho
Técnico: Dado Cavalcanti

ATLÉTICO
Everson; Mariano, Réver, Junior Alonso e Dodô; Jair, Tchê Tchê, Allan e Nacho; Savarino e Sasha (Hulk)
Técnico: Cuca

DATA: 4 de agosto de 2021 (quarta-feira)
HORÁRIO: 21h30
LOCAL: Estádio Joia da Princesa
CIDADE: Feira de Santana (BA)
MOTIVO: Jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Vinicius Gonçalves Dias Araujo, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli (todos CBF-SP)
VAR: José Claudio Rocha Filho (Fifa-SP)
TRANSMISSÃO: Globo, Premiere e SporTV