O técnico Enderson Moreira lamentou bastante a eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil, após o empate em 1 a 1 com o CRB, em Alagoas. Ao contrário do que muitos poderiam pensar, a Raposa não havia jogado a toalha e foi para Maceió para lutar pela classificação. Cabe lembrar que, em BH, o alvirrubro havia conseguido vitória por 2 a 0.

"Nós lamentamos muito a eliminação. Mesmo com a desvantagem, a gente precisava buscar esta recuperação. Fizemos uma partida para vencer e buscar a classificação. Não fomos omissos e nem abrimos mão de jogar.Tentamos, mas não conseguimos. Não é desculpa. Não estamos felizes com isso. Agora é focar na principal competição que temos pela frente", comentou Enderson.

Sobre ter mais tempo para treinar e priorizar a Série B, Moreira rechaça ver lado positivo nisso, principalmente relacionando com a eliminação no torneio nacional. Para ele, o ideal seria disputar as duas competições.

Leia mais:
Cabral diz que jogo em BH definiu eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil e parabeniza mais jovens
Presidente se revolta com tratamento recebido pelo Cruzeiro em Alagoas e denunciará CRB à CBF
 

"Nunca é positivo ser eliminado de uma competição da qual você é o maior vencedor. Queríamos continuar e, mesmo jogando fora de casa, precisávamos buscar a classificação. O adversário se fechou e jogou mais nas bolas longas e contra-ataques. O gol de empate deles foi uma infelicidade. Tivemos muito perto de fazer o segundo antes. Criamos situações importantes que poderiam ter nos dado uma vantagem diferente", finalizou.

No próximo sábado (29), o Cruzeiro volta a campo, desta vez pela Série B, e encara o América no Mineirão. Velho conhecido dos americanos, Enderson terá a missão de desbancar o ex-clube e recolocar o time celeste num novo caminho.