cruzeiro, raposa, enderson moreira

 

O Cruzeiro tem nesta terça-feira (11) a chance de zerar a punição que recebeu na Fifa e iniciar perseguição à ponta da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B. Entretanto, para isso, precisará vencer o Guarani, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, às 19h, pela segunda rodada da competição.

O técnico Enderson Moreira sabe que não será fácil enfrentar o Bugre e elogia o time campineiro. "A partir de agora temos que pensar no jogo contra o Guarani. Vamos pegar mais uma equipe paulista bem treinada, bem montada, acostumada a jogar grandes jogos, a enfrentar grandes equipes", disse.

A Raposa estreou com vitória na Série B, bateu o Botafogo-SP, no último sábado, no Mineirão, por 2 a 1, e diminuiu o prejuízo na classificação, já que começou com -6 pontos. Tudo isso por não ter quitado uma dívida com o Al Wahda-EAU, pela contratação do volante Denílson, em 2016. Por isso, com a vitória sobre a Pantera de Ribeirão Preto faltam só mais três pontos para que o Cruzeiro fique com zero ponto na classificação.

Já o Guarani perdeu na estreia para o CSA, no estádio Rei Pelé, em Maceió, por 1 a 0. 

"Vamos ter um jogo muito difícil lá em Campinas, contra o Guarani. É passo a passo, ter tranquilidade. Vamos passar por momentos de dificuldade, mas o mais importante é a resposta que a gente dá", analisou o treinador.

O Cruzeiro volta a enfrentar o Guarani após dez anos. O último jogo entre as equipes aconteceu em 2010, na Arena do Jacaré, pela 22ª rodada da Série A. Na ocasião, a Raposa, treinada por Cuca, venceu por 4 a 2, com gols de Rômulo, Wallyson, Fabinho e Farías. Descontaram Geovane e Paulo Roberto a favor do Bugre.