Com longa e vitoriosa carreira no Brasil e ao redor do mundo, o experiente técnico Luiz Felipe Scolar elogiou bastante o treinador interino do Atlético, Rodrigo Santana, adversário no último domingo (12). Na entrevista coletiva após a vitória por 2 a 0 sobre os mineiros, que colocou o Palmeiras na liderança do Campeonato Brasileiro, o comandante gaúcho teceu elogios jovem de 36 anos, escolhido para substituir, mesmo que momentaneamente, o demitido Levir Culpi.

Satisfeito com o desempenho do companheiro de profissão, Felipão disse que, mesmo com o triunfo em pleno Gigante da Pampulha, encontrou um Atlético bem diferente daquele que enfrentou na temporada passada, e ressaltou a organização tática da equipe mineira.

Leia mais:
Nascido no ano em que Felipão estreou como técnico, Rodrigo Santana o enfrentará no Mineirão

“O que eu gostei da equipe do Rodrigo é está bem diferente do Atlético que eu vi e no ano passado quando joguei contra. Esse ano é um time muito organizado taticamente, sabe quem vai buscar, quem vai sair, as passagens como são, as coberturas. Eu vi uma equipe muito boa e o que eu também notei nas entrevistas é que os mais velhos até que o Rodrigo, porque ele é bem novo, 36 anos, gostam, entendem, participam e procuram ver que aquilo realmente é o projeto do Atlético. Então fiquei contente", disse o treinador palmeirense, que completa 71 anos em novembro.

Dando uma pausa no Brasileirão, quando volta a campo apenas no sábado (18) para receber o Flamengo, no Independência, o alvinegro de Santana tem compromisso nesta quarta (15) pela Copa do Brasil. O jogo de ida das oitavas de final, inclusive, está marcado para às 19h15, também na Arena do Horto.

* Colaborou Hugo Lobão