A Era Lisca começou no América. Após acompanhar dos camarotes do Independência a goleada por 3 a 0 sobre o Uberlândia, no último sábado, o novo treinador do Coelho já comanda os trabalhos no CT Lanna Drumond. 

Menos de 24 horas após o triunfo sobre a equipe do Triângulo Mineiro, o alviverde já estava em campo novamente para realizar a última atividade antes da viagem pra Macapá-AP, onde o América vai enfrentar o Santos-AP, na próxima quarta-feira, às 20h30, no estádio Zerão, em duelo válido pela primeira fase da Copa do Brasil. 

O embate com o time amapaense vai marcar a estreia oficial de Lisca, contratado no final da semana passada para substituir Felipe Conceição, que deixou o Coelho para treinar o Red Bull Bragantino.

Apesar de assumir um elenco montado de acordo com as preferências de Conceição, Lisca chega ao alviverde com uma perspectiva favorável. 

O novo comandante do Coelho dirige um time que vem de um trabalho consistente na última temporada, em que ficou muito perto do acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, manteve a base, não perdeu nenhum de seus pilares e ainda buscou contratações no início deste ano. 

Além disso, o América mostra que quer surpreender no Mineiro. A equipe alviverde vem de duas vitórias seguidas no Estadual, se recuperando do empate em casa com a Caldense, na estreia do time na competição. 

Velho conhecido

No Coelho, Lisca reencontra um velho conhecido. Um dos reforços para 2020, o meia Felipe Augusto, que vem atuando como titular, já trabalhou com o novo chefe. 

“Já tive oportunidade de, em 2017, ser comandado pelo Lisca no Paraná. Ele tem um trabalho de campo diferenciado e sabe gerir muito bem. Tem tudo para ajudar a equipe a conquistar os objetivos”, afirmou o armador.

O meia do Coelho também comentou sobre o apelido de ‘Lisca Doido’ dado pelos torcedores de outras equipes ao técnico e fez questão de elogiar o treinador. “Não (é doido), ele é apaixonado pelo que faz. Aí as pessoas acham que, por conta disso, ele é louco. Ele gosta de vencer, é bem competitivo”, disse.

Espiada nos rivais

Depois de comandar o primeiro treino no Coelho, Lisca aproveitou o domingo para da uma espiada em dois próximos rivais no Campeonato Mineiro. O treinador acompanhou o duelo entre Atlético e Tombense de uma das cabines do Independência. 

O Coelho enfrenta o time de Tombos no dia 29 de fevereiro, também no Horto, pela 7ª rodada do Estadual. Já o clássico contra o Atlético esta marcado para o dia 22 de março, de novo no Independência, pela 10ª rodada do Mineiro. 

Lisca América