A terça-feira será de festa para os torcedores alvinegros. O Atlético completa nesta terça-feira (25) 106 anos, mas o presente pode ser dado daqui alguns dias. Com a goleada de 4 a 1 sobre o América, no domingo, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Mineiro, o atual campeão da Copa Libertadores deu mais um passo para levantar pelo terceiro ano consecutivo o título estadual.

E essa façanha pode ser decisiva para colocar a equipe de Ronaldinho Gaúcho, Victor, Diego Tardelli e companhia como o grande esquadrão da história atleticana, pois a maior conquista do clube, a taça continental, já foi alcançada por eles.

O Atlético tem apenas dois tricampeonatos desde a fundação, em 25 de março de 1908. O primeiro foi em 1954, com a base da chamada “Geração do Gelo” e contava com nomes como Kafunga, Zé do Monte e Haroldo.

Em 1980, dessa vez com Luizinho, Cerezo, Reinaldo e Éder, o Galo chegou pela segunda vez ao tri, numa sequência que terminou com o hexa, em 1983.

A equipe atual tem outros concorrentes na batalha pela condição de maior esquadrão atleticano de todos os tempos. Nessa briga podem ser incluídos outros três times.

O primeiro da lista é o Atlético da segunda metade dos anos 20 e que tinha como marca o chamado “Trio Maldito”, formado por Jairo, Said e Mário de Castro.

Eles quebraram a hegemonia estadual do América, que foi deca entre 1916 e 1925, sendo bicampeões em 1926 e 1927. Além disso, participaram da inauguração do Estádio Antônio Carlos e venceram o poderoso Corinthians por 4 a 2.

Cerca de uma década depois, o atacante Guará era sinônimo de Atlético. E foi com ele no comando do ataque que o time Campeão dos Campeões em 1937 marcou seu nome na história.

Por último, entra a equipe comandada por Telê Santana, que deu ao clube seu primeiro título estadual no Mineirão, em 1970, e na temporada seguinte alcançou o seu maior feito vencendo o Campeonato Brasileiro.

NOVA REALIDADE

A virada atleticana começou em 2012, quando o time comandado por Cuca conquistou o vice-campeonato brasileiro e garantiu o direito de voltar à Libertadores depois de 13 anos.

Sob o comando do treinador, o time campeão da Libertadores foi também bi no Estadual, pois levantou a taça em 2012, ainda sem Victor, R10 e Diego Tardelli, e no ano passado. Se vencer o Mineiro 2014, o Atlético será o primeiro clube tricampeão do torneio neste século.

Não haverá nenhuma comemoração preparada pela diretoria do clube, mas os torcedores estão combinando pelas redes sociais uma carreata que vai sair do Mineirão às 18h30 e seguir até à sede de Lourdes. Um trio elétrico acompanhará todo o percurso.

CAMISA

Depois da estreia do novo uniforme nos gramados, chegou a hora de o torcedor ter acesso ao manto da temporada 2014. Fabricada pela Puma, a camisa vai custar R$ 229,90 e marcará a reabertura da Loja do Galo de Lourdes, a partir das 14h. As outras lojas começam a vender logo cedo.

Após a folga da última segunda-feira (24), os jogadores retornam nesta terça-feira (25) à Cidade do Galo. Ronaldinho Gaúcho, Pierre, Josué e Diego Tardelli serão reavaliados pelos médicos.