Com a camisa do Atlético, Tomás Andrade teve o gosto de comemorar o primeiro gol da carreira profissional. Com a camisa do Galo, deu assistências importantes no Brasileirão. Mas no clube mineiro, acabou virando peça desnecessária na reta final de 2018. Agora, é hora de dizer adeus.

O contrato de empréstimo do meia-atacante argentino vai até 31 de dezembro. O Galo teria de desembolsar cerca de R$ 15 milhões. Andrade já se despediu do clube mineiro por meio de um texto publicado em seu instagram: "Se não foi como a gente planejava, pelo menos conseguimos uma grande meta, que foi retornar com o time para a Libertadores 2019", escreveu.

Sempre reserva do Atlético, com poucas oportunidades como titular, Tomás Andrade foi cortado do time da próxima temporada. O técnico Levir Culpi não utilizou o argentino desde que reassumiu o comando técnico. Foram nove jogos com Andrade apenas figurando no banco de reservas. Foi preterido, principalmente, por David Terans. 

Aos 22 anos, o futuro de Andrade não está definido. Mas há cerca de uma semana, seu empresário na Argentina confirmou que um dos clubes interessados em contar com o serviço do meia-atacante é o Atlético-PR, finalista da Sul-Americana.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Quero deixar aqui o meu agradecimento ao @atletico pelo período em que tive a honra de vestir essa camisa. Foi um período de muito aprendizado pessoal e profissional, e sei que ao mesmo tempo pude contribuir com alguns gols e assistências embora nunca pude ter a sequência desejada. Se não foi como a gente planejava, pelo menos conseguimos uma grande meta, que foi retornar com o time pra Libertadores de 2019 onde o Galo sempre tem que estar. Obrigado de coração a todos os funcionários do clube, que sempre me trataram muito bem, e também aos atletas com quem compartilhei muitos bons momentos e não tão bons mas sempre continuamos lutando pelo objetivo.. À torcida do Galo, que na sua grande maioria me passou apoio do início ao fim, deixo também o meu agradecimento especial é muito obrigado de coração pelas mensagens que ainda continuam me mandando. Tenho orgulho de dizer que joguei pelo ATLÉTICO MINEIRO e vou levar esse carinho comigo.🐔

Uma publicação compartilhada por т o м ı 👑 (@tomiandrade8) em