Uma estreia em Belo Horizonte que se transformou num grande cartão de visitas. Assim foi a primeira vez de Rafael Dudamel como treinador do Atlético, na capital mineira. Do abraço em todos os atletas ainda na porta do ônibus, cena que vai se tornando comum, ao grande jogo dentro das quatro linhas, o Galo vai tomando a cara de seu comandante.

Feliz com o 5 a 0 sobre o Tupynambás, o treinador destacou a entrega de seu time que, aos poucos, vai ficando mais leve e mais entrosado. O primeiro contato com a Massa também foi destacado pelo venezuelano.

"Estava emocionado com a energia que a torcida transmitia. Pedia aos jogadores para começarem a "namorar" a torcida. Para isso, tínhamos que correr e suar a cada minuto da partida, para depois encontrar um melhor rendimento. Os torcedores têm que ficar tranquilos, pois os jogadores estão felizes por vestir esta camisa. As mudanças realizadas para o jogo de hoje foram buscando fortalecer a competitividade interna. O importante para mim é que todos tenham a mesma ideia, Patric, Réver e Bruninho, que não jogaram, fizeram uma grande partida em Uberlândia", diz o treinador"

"A equipe vai desenvolvendo cada dia melhor sua ideia de jogo. Temos um enorme respeito pelos nossos rivais, mas foram passando os minutos e vimos que éramos superiores. Isso é normal, pois aos poucos os atletas vão alcançando a forma física", acrescenta.

Sobre o grande jogo e o primeiro encontro com a torcida do Atlético, o técnico destacou a necessidade de um "jogo diferente" e com pitadas especiais. "Tínhamos a necessidade e muitos ingredientes para fazer um grande jogo para nosso torcedor. Porém, apesar do placar, precisamos melhorar algumas coisas. Vamos conquistando à medida que vamos fazendo jogos", finaliza.

Na próxima rodada, o Atlético encara o Coimbra, também em BH. O jogo, marcado para às 21h30 da próxima quarta (29), acontecerá no Independência, mas o Galo atuará como visitante, já que a equipe de Contagem manda os confrontos na Arena da capital.