Como já era previsto, a organização do Billabong Pipe Masters, última etapa do Circuito Mundial de surfe, decidiu adiar os eventos desta quarta-feira (10) porque as condições do mar não estão apropriadas. A próxima chamada será feita nesta quinta-feira, às 7h30 horário local (15h30 no horário de Brasília), mas depende novamente de uma avaliação das condições do mar.

Na terça-feira, a Associação dos Surfistas Profissionais (ASP) conseguiu fazer 14 baterias das 15 previstas para o dia. Foram disputados oito baterias de primeira fase das triagens que definirão os dois havaianos que entrarão no chaveamento principal, mais quatro quartas de final e duas semifinais.

A expectativa era ter encerrado na própria terça-feira essa seletiva que definirá dois surfistas, um para entrar na chave de Gabriel Medina e outro na de Mick Fanning. As mudanças de ondulação e vento atrapalharam os planos da entidade. A previsão indica que o mar estará muito grande em Pipeline, local do evento, o que não é muito bom.

Vale lembrar que a janela de competição do Pipe Masters vai até o dia 20 de dezembro, ou seja, a organização tem ainda um bom período de espera para definir os melhores dias de disputa. Para a ASP, é possível terminar o campeonato em quatro dias de disputas, o que dá uma margem de segurança para esperar pelo melhor momento no evento que decide o título mundial da temporada.