Ex-aluno de Rafael dos Anjos, Fiuri Ribeiro se prepara para reestrear no MMA

Felippe Drummond Neto – Hoje em Dia
01/12/2015 às 18:26.
Atualizado em 17/11/2021 às 03:10
 (Divulgação)

(Divulgação)

Pouca gente sabe que por quase dez anos o lutador Rafael dos Anjos, atual campeão peso leve (até 71kg) do UFC, morou e treinou em Belo Horizonte, onde inclusive conquistou sua faixa preta de jiu-jitsu com Aldo Caveirinha. Nesse período, Dos Anjos também foi professor da arte suave.

Dito isso, não é de assustar que jovens que foram treinadas por ele hoje comecem a aparecer em grandes competições de luta seguindo os passos do mestre. Um desses caso é do belo-horizontino Diego Fiuri Ribeiro, que teve Rafael dos Anjos como o primeiro professor de jiu-jitsu e treinou MMA com o peso leve em 2011.

"Ele sem dúvida é um inspiração, não só no estilo de luta, mas, principalmente, em sua determinação. Relembro a história do Rafael desde o início e me sinto forte, sinto que eu posso chegar em qualquer lugar. Que nada é impossível", destaca Fiuri.

Além disso, o lutador se espelha ainda mais no atual campeão do UFC já que está próximo de recomeçar sua carreira nas lutas após ter ficado quatro anos e meio sem lutar. Agora ele prepara para fazer sua reestreia no MMA, onde tem um cartel de quatro vitórias e uma derrota, e na próximo sábado (5) encara Bruno Lara, no Upper Sports Combat 4, no Ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro.

"Vi o Rafael estrear no MMA, e acompanhei tudo o que ele passou e por onde ele passou. E sei que não foi fácil. É um cara que, além de ter tido um início difícil, como a maioria dos atletas, foi para o UFC praticamente só com o jiu-jitsu, e hoje sua parte em pé é uma das melhores da categoria. Foi nocauteado em sua estreia, teve dois reveses seguidos, correndo o risco de ser demitido. Quebrou o maxilar no meio e foi obrigado a ficar um ano sem lutar e muitos falaram que não lutaria mais. Mas ele acreditou no impossível, trabalhou duro todos os dias e escreveu seu nome na história se tornando o primeiro brasileiro campeão do UFC nos leves", conclui Fiori.

Desde abril treinando na Nova União, no Rio de Janeiro, o mineiro não luta desde abril de 2011, quando foi derrotado por Rony Jason, pelo Face to Face 4. Mas ele garante que os treinamentos na Nova União serviram para "tirar a poeira" e preparar corpo e mente para o voltar ao MMA.

"Já são mais de quatro anos sem lutar. Isso é muito tempo sem fazer o que eu amo. Estou ansioso por essa luta. Não vejo a hora de entrar no cage e poder mostrar meu trabalho. Felizmente na Nova União treino com alguns dos melhores do mundo. É um aprendizado diário sob o comando do Dedé Pederneiras e podendo acompanhar atletas como José Aldo, Dudu Dantas e tantos outros. Tudo isso contribuí para chegar no dia da luta e não sentir o período longe do MMA profissional", conclui Fiuri.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por