Natural de Belo Horizonte, o analista de desempenho João Felipe Boaventura dará passo importante na carreira, dois meses depois de ter sido desligado do Cruzeiro, clube no qual trabalhou durante cinco temporadas. Acionado pelo técnico Rogério Micale, ele está a caminho do Al-Hilal, da Arábia Saudita. 

Conhecido como "Clube dos Príncipes" e dono da maior torcida do país, o Al-Hilal chegou a fazer consulta por Jorge Sampaoli, que trocou o Atlético pelo Olympique de Marselha, da França. Contudo, o negócio não avançou e o clube segue com o "comandante do ouro olímpico" na função.

João Felipe, de 33 anos, iniciou a carreira no Tombense, onde foi campeão brasileiro da Série D. Depois, passou por Boa Esporte, Tupi e América, até ser contratado para atuar no Sub-20 da Raposa.

joao boaventura micale