Braço direito de Levir Culpi, o auxiliar Luiz Roberto Matter foi à Justiça do Trabalho para processar o Atlético. Ele cobra o equivalente a R$ 1,2 milhão do clube, pelo período que compreende outubro de 2018 e abril de 2019, durante a quinta passagem do treinador no Galo.

Entre as cobranças de Mattar estão salários, 13°, férias, multas e outros valores. A informação foi trazida inicialmente pelo site Globoesporte.com.

Levir também chegou a processar o Atlético, em cobranças referentes ao mesmo período. Ele entrou com um pedido de R$ 1,6 milhões e teve condenação favorável de R$ 630 mil, em 2020, cabendo recurso ao Galo.

Atlético

Levir e Matter acionaram o Atlético na Justiça