montillo, la u, universidad de chile

O meia Walter Montillo, que atuou no Cruzeiro entre 2010 e 2012, perdeu dois entes queridos nos últimos dias por suspeita de coronavírus. Na semana passada foi o avô do jogador, atualmente na Universidad de Chile, que morreu, e agora o pai. Os exames para confirmação do que ocasionou o falecimento dos parentes do jogador ainda não foram divulgados.

A informação foi divulgada no site oficial da LA U, por meio de nota de condolências. "Enviamos nossas condolências aos familiares e pessoas próximas de Walter Montillo, que hoje sofreu o sensível falecimento de seu pai, Walter Óscar, desejo que se soma pelo falecimento de seu avô Óscar, durante os últimas dias”, diz parte do comunicado oficial do clube chileno.

Pai de Montillo, Walter Óscar tinha 60 anos, e foi hospitalizado após reclamar de problemas respiratórios. Óscar, avô do meia, tinha 91 anos e morreu também, de acordo com informações divulgadas pela La U, apresentando os mesmos sintomas apresentados pelo pai. 

Pelas redes sociais o Cruzeiro manifestou pesar pela morte dos familiares do ex-jogador do clube.