“Preguiça, o hábito de descansar antes da fadiga.” A frase, do escritor francês Jules Renard, foi o lema do empresário Roberto Messeder até outubro do ano passado. Acima do peso e o “falastrão” da academia, ele pouco se preocupava com a saúde, que já dava sinais de alerta.

Para entender que precisava levar a sério as atividades físicas, o empresário, de 36 anos, precisou calçar as chuteiras e passar vergonha numa peladinha de fim de semana com os amigos. “Quando comecei a jogar bola percebi que parecia com um idoso de 80 anos”, conta Roberto. “A partir daquele momento, resolvi mudar os hábitos e cuidar da saúde”, acrescentou.

No dia seguinte do vexame em quadra, Messeder procurou um endocrinologista e, por ele, foi encaminhado a um nutricionista. Desafiado pelo profissional a mudar os hábitos alimentares, ele topou a tarefa e viu os primeiros resultados surgirem em curto espaço de tempo. “Ele (nutricionista) falou que se eu não fosse seguir à risca a dieta, que nem arriscaria montá-la. Prometi me dedicar”, lembra Roberto.

Entre outubro e janeiro, o empresário eliminou 13 kg e ainda diminuiu em 12% o percentual de gordura. Num concurso de verão, promovido pela academia, ele surpreendeu a todos e acabou sagrando-se vencedor.

Contudo, a maior conquista aconteceu em Sete Lagoas. Convidado para uma pelada na Arena do Jacaré, ele topou e, pasmem: arrebentou em campo. “Corri de um lado para o outro e até fiz gol. Foi uma grande vitória para mim”, conta Roberto.

Lição para sempre

Empolgado com a mudança de vida, Messeder rechaça qualquer possibilidade de retomar velhos hábitos. Hoje, com outra mentalidade, ele chega na academia às 18h e sai às 22h.

Disciplinado e metódico, o empresário gasta as primeiras horas para se exercitar – variando exercícios de musculação e aeróbicos – e o tempo restante, usa para jogar conversa fora com os novos amigos que fez.