Nesta quinta-feira (11), às 19h15, no estádio Canarinho, o Cruzeiro debuta na Copa do Brasil, em uma reedição do confronto de 2020 com o São Raimundo (RR), em Boa Vista (RR), partida que marcou a estreia das duas equipes naquela edição do torneio. Só que, desta vez, o time celeste espera um duelo menos dramático que o daquela oportunidade, quando a classificação para a segunda fase foi alcançada graças a um empate – que, segundo o regulamento, era o suficiente para o visitante avançar de etapa – e atuando com um atleta a menos desde os 32 minutos da etapa complementar (Edu havia sido expulso).

O fato de o goleiro Fábio, o zagueiro Léo e o volante Adriano serem os únicos remanescentes cruzeirenses daquele jogo é um dos indicativos da reformulação do plantel estrelado. E somente o arqueiro e o meio-campista têm condições de atuarem nesta quinta. Léo segue em recuperação de uma lesão

Da equipe então comandada por Adilson Batista diante do São Raimundo no ano passado, não fazem mais parte do elenco da Raposa os laterais Edilson e João Lucas, os zagueiros Cacá e Arthur, o volante/beque Edu, os meias Maurício e Pedro Bicalho e os atacantes Jhonata Robert, Judivan, Roberson e Alexandre Jesus.

Sufoco

A partida válida pela primeira fase da última Copa do Brasil se deu no dia 13 de fevereiro de 2020. O zagueiro Veracruz abriu o placar para os donos da casa aos 25 minutos, provocando um susto nos celestes. Mas o zagueiro/volante Edu tratou de empatar oito minutos depois.

No segundo tempo, o Cruzeiro passou à frente com um gol Alexandre Jesus. Aos 19, o avante Stanley deixou tudo igual novamente. Com a expulsão de Edu aos 32, a Raposa se segurou para garantir o empate e, com isso, a classificação.

Cruzeiro

Jogadores do Cruzeiro perfilados antes do duelo com o São Raimundo em 2020

FICHA DO JOGO

SÃO RAIMUNDO-RR 2 X 2 CRUZEIRO
Motivo:
1ª fase da Copa do Brasil
Local: Canarinho, em Boa Vista
Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus, auxiliado por Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Diogo Carvalho Silva, todos do Rio de Janeiro
Cartões Amarelos: Eder, Juca Maranhão, Alex e Juca Maranhão (São Raimundo); Edílson (Cruzeiro)
Cartão Vermelho: Edu (Cruzeiro)
Gols: Veracruz (São Raimundo) aos 25 minutos e Edu (Cruzeiro) aos 33 minutos do primeiro tempo; Alexandre Jesus (Cruzeiro) aos 4 minutos e Stanley (São Raimundo) aos 19 minutos do segundo tempo

SÃO RAIMUNDO
Eder; Alex, Veracruz, Alan Caruaru e Bruno Maia; Belão (Klebinho), Juca Maranhão (Igor Fellipe), Emerson e Ygor; Marcos Felipe e Vanilson (Stanley)
Técnico: Chiquinho Viana

CRUZEIRO
Fábio; Edílson, Cacá, Léo e João Lucas; Edu, Adriano e Maurício (Arthur); Alexandre Jesus, Jhonata Robert (Judivan) (Pedro Bicalho) e Roberson
Técnico: Adilson Batista