O Cruzeiro ainda não convenceu a China Azul na temporada 2016. E as atuações apresentadas pela equipe celeste até o momento também não vêm agradando o lateral-esquerdo Fabrício.

Ciente de que o time ainda tem muito a melhorar, o jogador pede uma postura diferente na partida contra o Fluminense, nesta quarta-feira (17), às 19h30, no Mineirão, pela segunda rodada da Copa Sul-Minas-Rio.

Na avaliação dele, o confronto deve ser encarado como uma final. “Jogo de decisão, vai vencer quem errar menos. Espero que a gente esteja focado. Vai ser a primeira final nossa no ano, temos de focar bastante para sair com resultado positivo”, afirmou.

Para Fabrício, a vitória, aliada com um bom futebol, amenizaria a pressão na Toca da Raposa II. “É medir força, de igual para igual, pois são duas equipes grandes, e fazer o que o Deivid falou, para a gente embalar. Vamos buscar os três pontos porque a gente está precisando”, concluiu.

Na segunda colocação do Grupo C com um ponto, mesma pontuação do Criciúma, o Cruzeiro precisa bater o Fluminense para seguir com chances de classificação à semifinal. O líder da chave é o Atlético-PR, que venceu o Tricolor por 1 a 0, na estreia.