Na semana em que Atlético e América vão decidir quem levantará a taça do Campeonato Mineiro, o clássico mais antigo do futebol mineiro perdeu um de seus personagens folclóricos.

Falecido nessa terça-feira (18), aos 49 anos, vítima de um infarto, no interior da Bahia, Edmilson Vasconcelos Ferreira, ou simplesmente “Edmílson Cenoura”, escreveu um curioso e marcante capítulo do duelo entre Galo e Coelho.

Em 20 de setembro de 1998, os rivais se enfrentaram pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Independência, e o Alvinegro venceu por 2 a 0.

O primeiro gol da partida foi marcado por Edmílson, que após estufar as redes do goleiro Milagres, aos 20 minutos do primeiro tempo, tirou uma cenoura do calção, e começou a comê-la durante a comemoração, fazendo referência ao mascote do rival.

Na segunda etapa, o Atlético sacramentou o triunfo com um gol do volante Roberto, mas foi a inusitada provocação de Edmílson que gerou repercussão nos dias seguintes ao clássico, ficando marcada na história do centenário clássico.

Edmílson Cenoura, em homenagem da Caldense, em 2018

O ex-atacante foi homenageado pela Caldense, em 2018

Carreira

Nascido em São Sebastião do Passé-BA, Edmílson foi revelado pelo Bahia. Em seguida, passou por Fluminense-BA, Vila Nova-GO, até chegar à Caldense.

Na veterana, que informou o falecimento do ex-jogador, se tornou ídolo, marcando 25 gols nas passagens que teve pelo clube de Poços de Caldas, entre 1995, 1996 e 1998.

No Estadual de 1998 teve destaque na goleada do time do Sul de Minas por 5 a 2 sobre o Galo, em pleno Independência, em um sábado de Carnaval, marcando três gols na meta defendida por Taffarel.

Depois de defender Guarani-SP e Ponte Preta, chegou ao Galo, clube que defendeu entre 1998 e 2000.

Pelo Alvinegro, disputou 25 jogos, marcou oito gols, e conquistou o título do Campeonato Mineiro de 1999. Os dados são do portal "Galo Digital".

Antes de se aposentar, passou ainda por Mamoré-MG, Figueirense e Gama.

Na manhã desta quarta, o Galo, via redes sociais, lamentou a morte de Edmílson (confira abaixo).

Após empatarem o primeiro jogo da final do Mineiro por 0 a 0, no Independência, Atlético e América decidem o título da competição neste sábado, às 16h, no Mineirão.

Por ter feito a melhor campanha da fase de classificação do Estadual, o Alvinegro tem a vantagem de atuar por um novo empate para levantar a taça.