Pela primeira vez, desde a reinauguração do Mineirão, em fevereiro de 2013, o Atlético foi mandante do clássico no estádio. Mas o confronto de 7 de março de 2020 não ficou marcado por isso. Esta foi a última partida entre os dois rivais com público antes da pandemia pelo novo coronavírus, que uma semana depois já começou a provocar confrontos disputados com portões fechados.

Era ainda o primeiro jogo entre os dois rivais após o rebaixamento cruzeirense à Série B do Campeonato Brasileiro acontecido no ano anterior.

Num dos camarotes da arena estava Jorge Sampaoli, que tinha sido contratado pelo Atlético, mas iniciaria seus trabalhos na Cidade do Galo apenas dois dias depois.

Com maioria absoluta de atleticanos, eles fizeram a festa, pois o gol da vitória saiu aos 45 minutos do segundo tempo, num chutaço do venezuelano Otero. 
Antes, o zagueiro Igor Rabello tinha feito 1 a 0 para o Galo, com o centroavante Thiago decretando a igualdade cruzeirense.
O Mineirão recebeu mais de 50 mil pessoas naquela tarde

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 2
Victor; Guga, Igor Rabello, Gabriel e Guilherme Arana; Jair, Allan (Marquinhos) e Nathan; Savarino (Cazares), Ricardo Oliveira (Diego Tardelli) e Otero. Técnico: James Freitas

CRUZEIRO 1
Fábio; Edílson, Cacá, Arthur e João Lucas; Edu (Jean), Pedro Bicalho (Jhonata Robert) e Jadsom Silva; Maurício (Thiago), Everton Felipe e Marcelo Moreno. Técnico: Adilson Batista

DATA: 7 de março de 2020
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Mineiro
GOLS: Igor Rabello, aos 36 minutos do primeiro tempo; Thiago, aos 21, e Otero, aos 45 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Pablo Almeida Costa
CARTÃO VERMELHO: Otero (Atlético)
CARTÃO AMARELO: Guga, Jair e Allan (Atlético); Edílson, Arthur, Edu, Thiago, Marcelo Moreno e Adilson Batista (Cruzeiro) 
PÚBLICO: 47.534
RENDA: R$ 753.615,00