Atlético e Cruzeiro se enfrentam pelas quartas de final da Copa do Brasil. O jogo de ida, no Mineirão, acontece apenas três dias após a Seleção Brasileira conquistar a Copa América, que foi disputada no Brasil e teve o Gigante da Pampulha como um dos palcos.

Numa noite de total concentração cruzeirense, o time de Mano Menezes encaminhou a vaga às semifinais fazendo 3 a 0.

Logo aos 12 minutos, num chute de longe de Pedro Rocha, Victor falhou e a Raposa abriu o placar.

Aos 25, o mesmo Pedro Rocha aproveitou um erro na saída de bola alvinegra e serviu Thiago Neves, que fez 2 a 0.

Na etapa final, Robinho decretou a última golada no clássico aproveitando mais um erro da defesa atleticana, que teve uma noite infeliz.

A partida aconteceu num momento em que o Cruzeiro já atravessava a maior crise da sua história, após denúncias contra a gestão Wagner Pires de Sá no programa Fantástico, da Rede Globo, em 26 de maio.

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 3
Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho (Fred), Thiago Neves (David) e Marquinhos Gabriel; Pedro Rocha (Jadson). Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO 0
Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Zé Welison (Jair) e Elias; Luan (Otero), Cazares (Geuvânio) e Chará; Alerrandro. Técnico: Rodrigo Santana

DATA: 11 de julho de 2019
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil
GOLS: Pedro Rocha, aos 12, e Thiago Neves, aos 25 minutos do primeiro tempo; Robinho, aos 9 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Raphael Claus, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis, todos de São Paulo
PÚBLICO: 41.379
RENDA: R$ 2.161.236,00