A nona rodada da Série A do Campeonato Brasileiro reservava para o dia 28 de julho de 2014 o clássico entre Cruzeiro e Atlético. Quatro dias antes, o Galo tinha conquistado a Copa Libertadores.

O técnico atleticano Cuca escala um time praticamente reserva. A Raposa, que tinha uma equipe quase toda nova, montada para aquela temporada, ainda não despontava como candidata ao título, que acabou conquistado.

Alecsandro abriu o placar aos 18 minutos, cobrando pênalti. Mas a virada celeste aconteceu ainda na primeira etapa, com gols dos principais destaques daquele time, os meias Everton Ribeiro e Ricardo Goulart.

Na segunda etapa, Nilton e Ricardo Goulart fecharam a maior goleada do clássico na chamada Era das Novas Arenas, iniciada em 2012. Era a arrancada cruzeirense para o tricampeonato brasileiro.

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 4
Fábio; Mayke (Ceará), Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio; Nilton e Souza; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Luan (Martinuccio); Vinícius Araújo (Willian). Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO 1
Giovanni; Michel, Rafael Marques, Gilberto Silva e Júnior César; Lucas Cândido e Rosinei (Leleu); Luan (Hélder), Marcos Rocha e Richarlyson (Jemerson); Alecsandro. Técnico: Cuca

DATA: 28 de julho de 2013
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Brasileiro
GOLS: Alecsandro, aos 18, Everton Ribeiro, aos 32, e Ricardo Goulart, aos 43 minutos do primeiro tempo; Nilton, aos 7, e Ricardo Goulart, aos 12 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Emerson de Almeida Ferreira, auxiliado por Márcio Eustáquio Santiago e Pablo Almeida Costa
CARTÃO AMARELO: Souza e Luan (Cruzeiro); Richarlyson, Marcos Rocha e Alecsandro (Atlético)
PÚBLICO: 35.689
RENDA: R$ 1.815.785,00