O Atlético vinha de duas derrotas seguidas no Brasileirão e de uma eliminação ainda nas oitavas Libertadores diante do Atlético Nacional, da Colômbia. O técnico Levir Culpi tinha assumido no lugar de Paulo Autuori e em três partidas somava apenas um empate, na queda diante dos colombianos.

O Cruzeiro brigava pelo título, que conquistou, e tinha passado às quartas da Libertadores. Por isso, teve um time reserva.

E saiu vencendo, com um gol de Marcelo Moreno. Na etapa final, na base da pressão, Levir Culpi adotou o famoso esquema do Galo Doido e encurralou o rival.
Marion empatou o clássico logo aos nove minutos e André decretou a virada de pênalti.

Foi a primeira de quatro vitórias seguidas do Atlético numa temporada especial, em que venceu a Copa do Brasil sobre o rival.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 2
Victor; Edcarlos (Marion), Leonardo Silva e Otamendi; Alex Silva, Pierre, Lendro Donizete (Rosinei), Diego Tardelli (Carlos) e Émerson Conceição; André e Fernandinho. Técnico: Levir Culpí

CRUZEIRO 1
Fábio; Mayke, Léo, Wallace e Egídio; Nilton, Souza (Willian Farias), Tinga (Martinuccio) e Marlone (Alisson); Luan e Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira

DATA: 11 de maio de 2014
MOTIVO: Campeonato Brasileiro
LOCAL: Independência
GOLS: Marcelo Moreno, aos 37 minutos do primeiro tempo; Marion, aos 9, e André, aos 25 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Heber Roberto Lopes (PR), auxiliado por Alessandro Rocha Mattos (BA) e Fernanda Colombo (SC)
CARTÃO VERMELHO: Luan e Marcelo Moreno (Cruzeiro)
CARTÃO AMARELO: Victor, Leonardo Silva, Alex Silva, Leandro Donizete e André (Atlético); Léo e Marlone (Cruzeiro)
PÚBLICO: 9.048 pagantes
RENDA: R$ 228.485,00