Na lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, com apenas um ponto em cinco jogos, o América se prepara para uma sequência de jogos que pode valer a tranquilidade na parada do torneio para a disputa da Copa América.

Antes da interrupção da Série B, que ocorre entre os dias 12 de junho e 13 de julho para a disputa da competição de seleções, a equipe alviverde tem pela frente três partidas essenciais na luta para deixar a parte de baixo da tabela.

O primeiro desafio do time comandado pelo técnico Maurício Barbieri será na próxima segunda-feira (3), às 20h, no Independência, contra o Coritiba.

Tradicional equipe do futebol brasileiro, o Coxa ocupa a quinta colocação, com oito pontos, um a menos do que o Sport, que, nesse momento, fecha o G-4.

Na última rodada, o time paranaense, que tem como destaque o meia-atacante Rafinha, ex-Cruzeiro, venceu o Cuiabá por 2 a 1, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Boas lembranças

Na sequência, o América vai a Maceió, enfrentar o CRB, no dia 8 de junho, às 20h30, no estádio Rei Pelé.

Nono colocado na tabela de classificação, com sete pontos, o Alvirubro vem de duas vitórias e um empate no torneio. No último sábado, a equipe alagoana empatou em 1 a 1 com o Vila Nova-GO.

Se depender do histórico de confrontos entre as equipes, o torcedor americano pode ficar otimista em um bom resultado em Maceió.

Foi justamente em cima do CRB que o Coelho alcançou uma de suas principais conquistas dos seus 107 anos de história.

 O triunfo por 1 a 0 sobre o clube alagoano (confira o gol abaixo), na última rodada da Série B de 2017, garantiu o bicampeonato do torneio ao América.

Sensação da Série B

Por fim, o alviverde encerra o período pré-Copa América contra o Bragantino, no dia 11 de junho, às 20h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela oitava rodada da competição.

Com 10 pontos, o time paulista é o segundo colocado na classificação e vem de uma vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, em casa.

Após se fundir com o Red Bull-SP, após o fim do Campeonato Paulista, o alvinegro paulista é apontado como um dos principais candidatos a conseguir uma das quatro vagas na elite do futebol brasileiro em 2020.

O grande aporte financeiro da multinacional austríaca que passou a administrar o Bragantino é uma das armas do time de Bragança Paulista para brigar na parte de cima da tabela de classificação.