A invencibilidade na temporada foi mantida, embora a liderança do Campeonato Mineiro não tenha sido alcançada. Com os 3 a 0 para cima da URT, no Zama Maciel, na noite desta quarta-feira (29), o América chegou ao sétimo triunfo no Estadual e aos 25 pontos na tabela, ficando atrás apenas do Tombense ao fim da primeira fase.

Esta é a primeira vez que o Coelho encerra a etapa classificatória à frente de seus rivais da capital, Atlético (3°) e Cruzeiro (5°), nesta fórmula de disputa, iniciada em 2004.

O ótimo trabalho desempenhado por Lisca e seus comandados até agora vai ser posto à prova nas semifinais contra o Galo, que terminou a fase com três a menos que o alviverde. No outro confronto, o Tombense faz o duelo do interior com a Caldense (4°).

América

O jogo

Com as estreias do zagueiro Anderson e do jovem Kawê e utilizando um time de reservas, o Coelho não teve dificuldades para superar a URT em Patos de Minas.

O América começou a construir a vitória aos 23 minutos com Diego Ferreira. Após roubada de bola de Matheusinho, o lateral-direito dividiu com o zagueiro e o goleiro adversários para colocar o alviverde em vantagem. Aos 37, o volante Rickson chutou forte, de fora da área, e acertou o canto direito de Cris, ampliando o marcador.

Na segunda etapa, o alviverde chegou à goleada com Vitão, depois de tabelar com Matheusinho.

Campanhas do América em Primeiras Fases do Estadual desde 2004
2004: 2° (à frente do Cruzeiro)
2005: 7°
2006: 4°
2007: 12° (rebaixado)
2008: Disputou Módulo II
2009: 5°
2010: 6°
2011: 3°
2012: 3°
2013: 8°
2014: 3°
2015: 5°
2016: 4°
2017: 3°
2018: 2° (à frente do Atlético)
2019: 3°


URT 0 X 3 AMÉRICA
Data
: 29/7 (quarta-feira) 
Local: Zama Maciel, em Patos de Minas
Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro 
Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Frederico Soares Vilarinho e Marcyano da Silva Vicente
Cartões Amarelos: Wembley (URT); Joseph (América)
Gols: Diego Ferreira aos 23 e Rickson aos 37 minutos do primeiro tempo e Vitão aos 27 minutos do segundo tempo

URT
Cris; Mizael, Wembley, Rodolfo e Jhonathan (Julio Magalhães) Moc; Túlio (Yan Gomes), Valkenedy (Willian Mococa) e Arilson (Lélis Mourão); Ian Augusto (Gabriel), Vitor Braga e Kesley
Técnico: Johnatan Alemão

AMÉRICA
Airton; Diego Ferreira, Joseph, Anderson e João Paulo; Flávio e Rickson (Marcelo Toscano); Kawê (Thalys), Geovane (João Gabriel) e Matheusinho (Carlos Alberto); Vitão (Léo Passos)
Técnico: Lisca