Acostumado a brigar na parte de cima da tabela nas últimas vezes em que disputou o Campeonato Brasileiro da Série B, o América vive situação totalmente oposta nesta temporada. Passados 12 jogos do torneio, o Coelho soma apenas uma vitória, está afundado na zona de rebaixamento desde o início da disputa e terminou a rodada na lanterna da competição.

O último capítulo da desastrosa campanha do Alviverde na Série B, até o momento, veio nessa sexta-feira (26). Jogando no Independência, o América perdeu por 1 a 0 para o Atlético-GO e chegou a sétima derrota na Série B.

Após o revés diante do time goiano, o atacante Felipe Azevedo desabafou, revelou que o momento conturbado da equipe vem interferindo até na esfera pessoal dos jogadores e deu a receita para o time buscar a reação no campeonato.

“É complicado (o momento). Eu tenho um filho de oito anos que me cobra muito. Quando eu chego em casa ele olha para a minha cara e diz: ‘pai eu nem vou falar nada com você’. Isso machuca o cara que é profissional, que vive do futebol, o cara que sustenta a família com o futebol. Todo mundo aqui tem carreira, está todo mundo muito triste. Mas tem que ter calma, tranquilidade. Sei que é difícil pra caramba, torcedor está triste, com razão, mas a gente tem que se doar um pouco mais, se não está dando do jeito que a gente está jogando, temos que melhorar”, completou Azevedo.

Ponte Preta

O Coelho terá a chance de se reabilitar no torneio na próxima terça-feira (30), quando vai enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Para o duelo com a Macaca, o atacante América indicou que o melhor aproveitamento das finalizações é fundamental para que o time busque um bom resultado fora de casa.

“Hoje a gente foi infeliz ali no finalzinho com aquele gol, mas é da mesma forma (postura contra a Ponte Preta), com um pouco de mais capricho ali na frente, no último passe, no último chute. A gente, às vezes, fica ansioso, querendo resolver logo o problema e acaba se enrolando um pouco. O Felipe (Conceição) vai conversar com a gente no final de semana, na segunda, para a gente ir lá para Campinas e tentar fazer um jogo mais equilibrado”.