Há menos de uma semana para a estreia no Campeonato Mineiro, marcada para o próximo sábado (27) às 16h30, diante do Uberlândia, no estádio Parque do Sabiá, o Cruzeiro trabalha para definir a equipe para o início da competição.

No último sábado, o técnico Felipe Conceição comandou a Raposa no jogo-treino diante do Bolívar, da Bolívia, na Toca da Raposa II, e deu mostras do time que deve começar jogando no Estadual.

Entretanto, na segunda etapa da atividade, vencida pelo time celeste por 1 a 0, com gol de Welinton, Conceição, como o esperado rodou todo o time, dando minutos a mais peças do elenco.

Tal expediente corrobora o entendimento do treinador, desde os tempos de América, de tentar dar o mesmo tipo de preparação para todos os jogadores, independentemente se estão no time titular ou no reserva.

“A gente está buscando a coesão de todo o grupo. Trabalhamos de maneira igual, para que a gente tenha um grupo forte e não apenas 10,11 ou 12 atletas. Temos uma mescla grande jogadores jovens, de jogadores experientes que já estavam no elenco, jogadores que estão chegando. Então, tudo isso estamos aproveitando nessa preparação, para integrar, trazer coesão e, principalmente para o trabalho dentro de campo. Que eles entendam cada vez mais e que todos participem. Isso vai ser fundamental no nosso ano”, disse Felipe.

A peças citadas pelo treinador, que chegaram à Toca da Raposa II neste início de temporada são: o lateral-esquerdo Alan Ruschel, os volantes Matheus Neris e Matheus Barbosa, o meia Marcinho e os atacantes Felipe Augusto e Bruno José.

Formações

No primeiro tempo do jogo-treino Felipe Conceição escalou o seguinte time: Fábio, Cáceres, Manoel, Paulo e Alan Ruschel; Matheus Neris, Matheus Barbosa e Marcinho; Felipe Augusto, William Pottker e Rafael Sobis.

Na parte final da atividade, Conceição mudou todas as peças, mandando a campo essa formação: Lucas França, Geovane, Guilherme Matos, Weverton e Matheus Pereira; Adriano, Jadson e Claudinho; Bruno José (Stênio), Airton (Welinton) e Thiago.