As competições, no automobilismo, normalmente premiam velocidade ou regularidade. Mas os japoneses, sempre eles, resolveram inventar uma modalidade em que a perícia ao volante fosse julgada. E que o desafio fosse andar de lado, provocando derrapagens nas curvas, com carros bastante mexidos e preparados: o Drift.

Que integrou a primeira edição do FIA Motorsport Games, espécie de olimpíada do automobilismo idealizada pela Federação Internacional e sediada no autódromo italiano de Vallelunga, próximo a Roma.

SDB

 

Por aqui o esporte também cresce, com a disputa de um campeonato brasileiro – o Super Drift Brasil (SDB), que não fica a dever às ligas internacionais. E que vai consagrar seus campeões no Mega Space, em Santa Luzia no próximo dia 24.

O traçado de pouco mais de dois quilômetros de extensão já havia recebido a abertura da temporada, em março, e é considerado ideal para o Drift. Especialmente devido ao desenho da parte mais nova, após a reta dos boxes, com curvas de 180 graus em sequência, perfeitas para colocar os carros de lado.

“O Mega é um lugar especial para o Super Drift Brasil. A recepção é sempre calorosa, e a cada etapa isso cresce. Emoções não faltaram quando estivemos por aí no início do ano, e tenho certeza que agora será ainda melhor”, destaca Walter Santana, organizador do SDB.

O campeonato deste ano vem sendo dominado pelo principal nome da modalidade no país. Diego Higa venceu as três primeiras provas e está muito próximo de chegar ao tetracampeonato. O sobrenome revela a origem e ajuda a explicar a paixão pelo esporte e o sucesso na modalidade. Gustavo Koch, Erick Medici, João Barion e Bruno Bär chegam à etapa final em condições de ficar com o vice-campeonato.

E Minas Gerais será representada por um dos nomes mais promissores da modalidade, Maykel ‘Japa’, premiado como destaque na etapa anterior, em Birigui (SP).

Ingressos
Os ingressos para a grande final do SDB já estão à venda no site Eventbrite, com opção de arquibancada, área VIP (open bar de energético) e Full Experience, com direito à emoção de volta rápida a bordo de um dos carros da competição e acesso aos boxes. O evento oferece meia entrada solidária (desconto de 50% no valor integral do ingresso mediante à doação de 1 kg de alimento não perecível, a ser doado a instituições assistenciais da região.

Leia mais sobre automobilismo e motociclismo no site Racemotor (https:/www.racemotor.com.br)

 

RÁPIDAS

Bons pegas na penúltima etapa da
Taça Minas de kart em Vespasiano

Principal competição do kart mineiro no segundo semestre, a Taça Minas Gerais entrou na reta final com a disputa da penúltima etapa, no RBC Racing, em Vespasiano. Ao todo, 63 pilotos estiveram em ação nas várias categorias, sempre em rodada dupla. Na Mirim; vitórias de Oliver Gonçalves e Enzo Azevedo. Heitor Vasconcelos e Lucas Moura foram os melhores na Cadete. A Super Sprinter (125cc dois tempos) teve domínio de André Novaes, seguido por Fernando Buzollo e Luiz Pinheiro. Cacau Nunes foi o melhor na Indoor (aluguel), enquanto Quim Marques e Thiago Escobar levaram a melhor na F400 Júnior e Sênior. Os campeões serão conhecidos em 7 de dezembro.

Pilotos do estado encaram o ISDE,
‘olimpíada do enduro’, em Portugal

A região do Algarve, em Portugal, recebe a partir do dia 11 os Seis Dias Internacionais de Enduro (ISDE), prova que é considerada a olimpíada da modalidade, com 26 países e 510 pilotos. Mantendo uma tradição, dois mineiros integram a representação brasileira na prova, em busca das medalhas oferecidas aos finalistas. Gabriel Soares, o Tomate, de Divinópolis, disputa o Troféu Júnior, para pilotos sub-23, com uma Honda da equipe oficial (Honda Racing), chefiada por Felipe Zanol, medalhista de ouro na prova. Já Vítor Garcia encara um desafio duplo, já que competirá com uma moto montada no Brasil, a MXF250, da MXF Motors, de Curitiba.

Mineiros invadem interior paulista
para o 14º Rally Rota Sudeste

Dois dias de prova, com 252 quilômetros cronometrados em torno da cidade de Lençóis Paulista, válidos pelos campeonatos brasileiros de Rally Cross-Country (carros) e Baja (motos, UTVs e quadriciclos). O fim de semana marca a disputa do 14º Rally Rota Sudeste, com forte participação mineira, sobre quatro ou duas rodas. Nas motos, Francine Rossi, de volta da Baja 500 Portalegre, em Portugal, é um dos destaques, ao lado do uberlandense Bruno Ayrton Leles, líder do campeonato. Outro uberlandense confirmado é Alberico Macedo. Entre os UTVs, Maurício Rocha luta pela primeira posição geral na temporada. Cristiano Batista (também de volta de Portugal) e Gabriel Cestari são outros representantes do estado com boas chances.