O fim da invencibilide, mas não do sonho de retornar à Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. É assim que o América encara a derrota por 2 a 1 para o Coritiba, na tarde deste sábado (28), em Curitiba. Apesar do revés, os comandados de Felipe Conceição mostraram muito brio e não venderam fácil os três pontos no Sul do país.

Intenso nos dez primeiros minutos de partida e fazendo uma boa partida nos seguintes, o Coelho viu os donos da casa tomarem as ações do jogo e, aos 28, abrirem o placar com Robson. Logo aos 4 do segundo tempo, foi a vez de Sabino ampliar. O segundo tento do Coxa, inclusive, foi num pênalti bastante reclamado pelos mineiros.

Aos 20, o zagueiro Ricardo Silva, de cabeça, diminuiu o marcador e deu cara nova ao confronto na capital paranaense. Contudo, o time mandante conseguiu segurar o ímpeto americano, que pressionou até o apito final em busca do empate, e começar com pé direito a "era Jorginho", técnico estreante da tarde.

Na próxima rodada, o Coelho terá pela frente o CRB, adversário direto no pelotão de frente da Segundona. O duelo, marcado para quinta-feira (3), será no Independência. Estacionado nos 35 pontos, o alviverde precisa da vitória para seguir na cola dos primeiros colocados e manter vivo o sonho de voltar a disputar a elite do futebol nacional.

Já o Coritiba, que quebrou a série de seis partidas sem vitórias, chegou aos 37 pontos, ultrapassou o América na tabela e, na próxima rodada, a 26ª, faz o clássico contra o Paraná no Durival Britto. A partida será sábado (5), às 16h30. 

Ficha Técnica:
CORITIBA 2 X 1 AMÉRICA

Coritiba: Alex Muralha; Diogo Matheus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano e Giovanni (Wellissol); Robson, Kelvin (Serginho) e Rodrigão (Igor Jesus).  Técnico: Jorginho

América: Airton; Leandro Silva, Pedrão (Lucas Kal), Ricardo Silva e João Paulo; Juninho, Flávio e Willian Maranhão (Geovane); Diego Ferreira (Felipe Azevedo), Júnior Viçosa e Matheusinho.  Técnico: Felipe Conceição

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Michael Correa e Andrea de Sá, todos do Rio de Janeiro.

Gols: Robson, aos 20 do primeiro tempo, e Sabino, aos 4 do segundo, para o Coritiba; Ricardo Silva para o América, aos 20 do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Romercio e Robson (Coritiba); Ricardo Silva (América)