O Fluminense não resistiu ao grande interesse despertado por Richarlison em clubes do futebol europeu. Nesta segunda-feira (31), o clube carioca anunciou a venda do promissor atacante ao Watford, da Inglaterra, em entrevista coletiva concedida pelo presidente Pedro Abad.

O dirigente explicou que o Fluminense vai receber 12,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 46,2 milhões) por Richarlison e ainda seguirá com uma participação nos direitos econômicos do jogador. "A saída do Richarlison é definitiva. Vendemos por 12,5 milhões de euros e o Fluminense vai ficar com 10%. A transação foi fechada na sexta-feira", afirmou o dirigente.

Abad explicou que Richarlison já está fora do duelo com o Sport, marcado para a próxima quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, na Ilha do Retiro. Assim, a vitória sobre o equatoriano Universidad Católica, em Quito, na última quarta-feira, foi o seu último jogo pelo clube carioca. "Richarlison não viaja ao jogo. Ele não defende mais o Fluminense", disse.

Richarlison foi adquirido pelo Fluminense no fim de 2015, junto ao América Mineiro, onde iniciou a sua carreira profissional. O atacante, de 20 anos, era um dos destaques do time, sendo que nos últimos meses o clube rejeitou ofertas do Ajax e do Palmeiras. Agora, porém, aceitou a oferta do Watford, que ficou em 17º lugar no último Campeonato Inglês e conta no seu elenco com o goleiro brasileiro Gomes. Assim, ele encerrou a sua passagem, tendo marcado 19 gols em 70 jogos.

O presidente do Fluminense evitou detalhar os seus planos para tentar repor a expressiva perda de Abad. "Vamos quitar as pendências que a gente tem com o elenco. Vamos analisar o valor que vai sobrar para podermos repor a saída dele. Temos em mente o que queremos. Vamos esperar a transação ser concluída", comentou.

Veja o post:
 
 

Um ciclo se encerra para outro começar... Assim é a vida! Obrigado a todos que participaram dessa minha jornada com a camisa tricolor. Só vou levar o carinho e as boas recordações de todos vocês que torceram por mim e me apoiaram, mesmo nas horas mais complicadas. Desejo toda sorte do mundo aos meus companheiros e ao clube na sequência da temporada e das competições que vêm pela frente. . E, em meio a toda essa tristeza que vivemos nesse fim de semana, queria deixar um agradecimento especial ao Abel. Professor, você não faz ideia do quão importante foi pra mim ter trabalhado contigo e te conhecido. Saiba que vou carregar não apenas o respeito, mas também a admiração e um carinho enorme por toda atenção que teve comigo, especialmente quando as coisas pareciam tão complicadas na minha cabeça. Você foi e sempre será mais do que um treinador, mas um paizão mesmo. Que Deus conforte seu coração e te dê a paz neccessária para enfrentar essa dor, que também é de todos nós que queremos te ver sempre bem. Minhas orações, minha eterna gratidão e espero que nossos caminhos se cruzem por várias vezes nesse mundão a fora! Torcida Tricolor, muito obrigado!! Somos passíveis de erros e acertos. Nas horas boas, comemoramos juntos. Nas nem tão boas, estivemos unidos e vocês acreditaram em mim. Agora, mesmo de longe, sou mais um de vocês. #ST

Uma publicação compartilhada por Richarlison (@richarlison.9) em