A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) marcou os dois jogos do Cruzeiro contra o River Plate-ARG nas oitavas de final da Copa Libertadores para as 19h15 dos dias 23 e 30 de julho. E toda vez que a Raposa entrou em campo para jogar nesse horário como mandante na atual edição do torneio a bilheteria ficou aquém da expectativa.

Foi assim tanto contra o Huracán-ARG, na quarta rodada do Grupo B, e diante do Emelec, na sexta rodada, ainda da fase de grupos.

No somatório geral das rendas nessas duas partidas o Cruzeiro arrecadou quase o mesmo montante do jogo com o Deportivo Lara-VEN. Contra os venezuelanos na segunda rodada a equipe celeste jogou no horário considerado como nobre, às 21h30.

O Cruzeiro arrecadou contra Huracán-ARG e Emelec-EQU, no somatório das rendas das duas partidas, R$ 1.266.453,00. Só no confronto com o Deportivo Lara-VEM o valor global da bilheteria foi de R$ 1.169.104,00, uma diferença de R$ 97.349,00 para o valor global dos jogos contra argentinos e equatorianos. 

Arrecadação maior

Para se ter uma ideia, a renda do confronto entre Cruzeiro e Deportivo Lara por pouco não foi o triplo do arrecadado no duelo com o Emelec. (veja abaixo).

Como a partida das oitavas de final colocará frente a frente Cruzeiro e River Plate, duas equipes bastante tradicionais, o maior apelo do jogo e o início do mata-mata podem ser fatores que aumentem a arrecadação mesmo fora do horário nobre. 

Todos os valores da renda e o público pagante e presente foram divulgados no telão do Mineirão após as respectivas partidas. 

Opinião da torcida

Uma das grandes reclamações dos torcedores para os jogos disputados a partir de 19h é a dificuldade em sair do trabalho para chegar ao estádio.

Como a maioria das pessoas trabalha no horário comercial, entre 7h30 e 18h, o tempo de deslocamento entre local de trabalho e estádio é um fator dificultador.

Pelas redes sociais houve muita reclamação de torcedores logo que a Conmebol divulgou o horário do embate entre Cruzeiro e River.

“O Cruzeiro só joga às 19h15, é impressionante”, reclamou Alex Bastos no Twitter.

“Fica difícil, sendo que 18h todo mundo está saindo do trabalho e o trânsito em BH é um caos até às 19hr”, disse Luiz Phillype também no microblog.

O cruzeirense Iago de Vette também criticou o horário do jogo. “Como que pode? Um dos melhores jogos das oitavas com esse horário. Difícil”, comentou.

Público e renda do Cruzeiro nos jogos como mandante na Libertadores 2019

CRUZEIRO 2 x 0 DEPORTIVO LARA

Público Presente: 39.595
Público Pagante: 33.293
Renda: R$ 1.169.104,00

CRUZEIRO 4 x 0 HURACÁN

Público pagante: 26.077
Público presente: 31.694
Renda: R$ 873.106,00

CRUZEIRO 1 X 2 EMELEC

Público Total: 24.417
Público Pagante: 18.083
Renda: R$ 393.347,00