A França, ao ser proclamada campeã do mundo na Rússia neste domingo, recebeu 32,5 milhões de euros da Fifa, segundo cifras fornecidas pela federação.

Croácia, a finalista derrotada, ganhará 23,9 milhões de euros enquanto a Bélgica, terceira do torneio, receberá 20,5 milhões.

Também serão distribuídos 6,8 milhões para cada seleção classificada entre o 17º e o 32º lugares. 

Individualmente, os 23 jogadores franceses devem receber também uma bonificação de aproximadamente 400.000 euros, segundo uma distribuição decidida pela Federação Francesa (FFF) e pelos atletas.

Alguns jogadores, como Kylian Mbappé, doarão esses valores a associações, indicou a FFF.

"Mbappé tomou a decisão pessoal de doar quase todos os seus lucros a associações, outros jogadores se reagruparam, os ajudamos um pouco. Outros são completamente livres para fazer o que quiserem. Não há diretrizes específicas", disse à AFP o presidente da federação, Noël Le Graët.

Leia mais:

Beyoncé e Jay-Z vestem camisa dos Bleus em show em Paris

Pelé felicita Mbappé, segundo jogador mais jovem a marcar em uma final de Copa

Lojas na Champs-Élysées são saqueadas em comemoração pela Copa em Paris