Se alguém do “futuro” dissesse a você, torcedor do Cruzeiro, por volta de abril, época em que o time se sagrava bicampeão mineiro e estava voando na fase de grupos da Libertadores, que a Raposa chegaria à 33ª rodada do Brasileirão tendo que vencer – ou, no mínimo, empatar com – o Avaí para deixar a zona de rebaixamento, você acreditaria? Parece até roteiro de algum filme de ficção, vide “De Volta para o Futuro” ou “O Exterminador do Futuro”, não é mesmo? Bem, mas, tirando essa parte “do viajante do tempo”, falar em briga contra a degola soaria quase que surreal aos celestes nos primeiros meses do ano. Porém, é a mais pura realidade.

Nesta segunda-feira (18), às 20h, o Cruzeiro recebe a equipe catarinense, lanterna da competição nacional, numa partida que o técnico Abel Braga definiu como jogo de “matar ou morrer”. Isso mesmo, na visão do comandante, o duelo vai definir o futuro do clube do campeonato. Um triunfo seria o combustível necessário para as cinco últimas jornadas. Um revés, no entanto, definiria um quadro praticamente irreversível.

“Não podemos esperar mais. Estamos ficando ansiosos, o torcedor está ansioso. Temos que nos recuperar, não podemos esperar mais. O primeiro critério é o número de vitórias, e são poucas vitórias (o Cruzeiro tem apenas sete triunfos em 32 duelos no Brasileiro). Com todo respeito ao adversário (Avaí), ou matamos ou morreremos de vez. Temos que, ao menos, buscar três vitórias”, disse o comandante cruzeirense, referindo-se ao oponente e à reta final do campeonato.

Abel Braga

Com 35 pontos, a Raposa iniciou a 33ª rodada fora do Z-4, em 16º lugar. No entanto, caiu uma posição no sábado, devido ao empate do Fluminense com o Atlético, no Maracanã. Um empate já é o suficiente para tirar os celestes da zona do descenso. Só que uma vitória se faz necessária por ser um jogo em casa, diante do lanterna do certame.

Depois deste embate, o Cruzeiro terá pela frente mais cinco adversários: Santos (23/11; Vila Belmiro), CSA (28/11; Mineirão), Vasco (2/12; São Januário), Grêmio (Arena do Grêmio) e Palmeiras (Mineirão). As datas contra esses dois últimos adversários ainda serão definidas, pois as rodadas ainda não foram desmembradas. E aí, qual o futuro que os comandados de Abel irão construir a partir desta noite?

CRUZEIRO X AVAÍ
Motivo
: 33ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão
Horário: 20h
Arbitragem: Diego Pombo Lopez (BA), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Transmissão: Premiere

Cruzeiro
Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Cacá e Dodô; Henrique e Éderson; Thiago Neves, Marquinhos Gabriel e David; Fred
Técnico: Abel Braga

Avaí
Vladimir; Léo, Eduardo Kunde, Marquinhos e Igor Fernandes; Luanderson, Pedro Castro, Richard Franco e Luan Pereira; Caio Paulista e Vinicius Araújo
Técnico: Evando