Após 35 anos, o Flamengo está de volta a uma semifinal da Copa Libertadores. O time carioca avançou nesta quarta-feira ao empatar com o Internacional por 1 a 1 no Beira-Rio, após ter vencido por 2 a 0 no Maracanã. Herói da partida, o atacante Gabriel Barbosa analisou a atuação rubro-negra e exaltou a parceria com Bruno Henrique.

"No primeiro tempo fomos muito superior, tivemos controle de jogo, criamos. Eles não fizeram muita coisa. Sabíamos que a atmosfera estava do lado deles. No segundo tempo, com resultado à favor, baixamos a marcação, mas no contra-ataque conseguimos matar o jogo. Feliz pelo gol, até porque foi uma jogada da equipe toda", disse Gabigol.

O atacante disse que está "quite" com o companheiro de ataque ao receber uma assistência preciosa nesta quarta, quando marcou o gol rubro-negro no Beira-Rio. "Muito feliz em ter o Bruno Henrique do meu lado. Mais um ano atuando juntos. Vamos ganhando entrosamento com o tempo. No primeiro jogo, eu dei um passe para ele, agora foi a vez dele retribuir. Estamos quites", brincou.

Eleito o melhor jogador da partida, Bruno Henrique também celebrou a vaga na semifinal. "Eu e Gabriel, desde o Santos, temos uma parceria muito bacana. No jogo passado, ele me deu um passe, agora eu dei para ele. Estamos muito à vontade no Flamengo. Todo mundo nos apoiou em nossa chegada. E temos correspondido dentro de campo. Estamos felizes por estar representando a nação e o Flamengo", finalizou.

Após o apito final, os jogadores do Flamengo foram comemorar ao lado dos torcedores. O próprio técnico Jorge Jesus entrou na brincadeira e chegou a reger o canto da torcida.

Com o resultado desta quarta-feira, o time carioca enfrentará o Grêmio na semifinal da Libertadores, sendo que decidirá a classificação no Maracanã. Do outro lado, o Boca Juniors aguarda o duelo entre River Plate e Cerro Porteño - a partida da volta está marcada para esta quinta-feira.

Leia mais