Nas 17 edições da Série A por pontos corridos, numa história iniciada em 2003, é absoluto o domínio dos clubes do chamado Eixo Rio-São Paulo, pois eles levantaram a taça 14 vezes. O único a quebrar essa hegemonia foi o Cruzeiro, tricampeão em 2003, 2013 e 2014. Nesta reta final do Brasileirão de 2020, Atlético, Internacional e Grêmio brigam para tentar entrar nessa lista de campeões, numa disputa direta com o tri São Paulo (2005, 2006 e 2007) e os bicampeões Flamengo (2009 e 2019) e Palmeiras (2016 e 2018).

Desde 2015, quando o Galo foi vice do Corinthians, maior vencedor do Campeonato Brasileiro por pontos corridos (2005, 2011, 2015 e 2017), as duas primeiras posições da Série A são ocupadas pelo Eixo.

Atlético Internacional Série A Brasileiro 2020

Atlético e Internacional brigam desde as primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro pela liderança da competição. Os dois, assim como o Grêmio, buscam o primeiro título da Série A nos pontos corridos

Antes de 2015, o Atlético já tinha ficado com a segunda colocação em 2012, quando o Fluminense foi campeão. Os rivais gaúchos também já sentiram o gosto amargo do vice-campeonato da Série A nos pontos corridos.

O Internacional, em 2005, 2006 e 2009. O Grêmio, em 2008 e 2013, este último o único ano, desde 2003, em que clubes do Eixo Rio-São Paulo ficaram de fora das duas primeiras posições do Brasileirão. Nos títulos cruzeirenses de 2003 e 2014, os vices foram Santos e São Paulo, respectivamente.

Comparação

Só como comparação, considerando-se a partir de 1971 e pegando as 16 edições seguintes, somando 17 competições, temos um placar muito mais apertado a favor do Eixo Rio-São Paulo, que é de 10 a 7.

Além do Atlético, campeão em 1971, tivemos o Internacional tricampeão, em 1975, 1976 e 1979. Além deles, levantaram a taça Grêmio (1981), Coritiba (1985) e Sport (1987).

Foram cinco títulos paulistas, com Palmeiras (1972 e 19730, São Paulo (1977 e 1986) e Guarani (1988), e cinco cariocas, com as taças de Vasco (1974), Flamengo (1980, 1982 e 1983) e Fluminense (1984).

Rodada

A batalha pela taça será retomada nesta sexta-feira, com o Palmeiras voltando a campo, três dias após a classificação para a final da Copa Libertadores, em cima do River Plate, da Argentina, para fazer um confronto direto entre candidatos ao título contra o Grêmio, às 21h30, no Allianz Parque, na abertura da 30ª rodada.

O atleticano estará triplamente ligado nesta partida. Além de palmeirenses e gremistas serem integrantes do G-6, grupo que garante vaga na Copa Libertadores do ano que vem, o Galo pode perder uma posição nesta noite.

O Grêmio é o quinto colocado, com 49 pontos, apenas um a menos que o Atlético, que será ultrapassado pelo tricolor gaúcho se ele vencer no Allianz Parque.
Há ainda outro ponto a ser destacado. Depois de receber o Atlético-GO, no próximo domingo, às 18h30, no Mineirão, pela 30ª rodada, o Galo terá pela frente, na próxima quarta-feira, justamente o Grêmio.

O confronto direto entre eles, pela 31ª rodada, será na Arena do Grêmio,  às 19h15.

ANO

CAMPEÃO

VICE

2003

Cruzeiro

Santos

2004

Santos

São Paulo

2005

Corinthians

Internacional

2006

São Paulo

Internacional

2007

São Paulo

Santos

2008

São Paulo

Grêmio

2009

Flamengo

Internacional

2010

Fluminense

Cruzeiro

2011

Corinthians

Vasco

2012

Fluminense

Atlético

2013

Cruzeiro

Grêmio

2014

Cruzeiro

São Paulo

2015

Corinthians

Atlético

2016

Palmeiras

Santos

2017

Corinthians

Palmeiras

2018

Palmeiras

Flamengo

2019

Flamengo

Santos