Galo perde de virada para o Atlético-GO e pode ver vantagem sobre o Fla diminuir

Thiago Prata
@ThiagoPrata7
17/10/2021 às 20:16.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:04
 (Pedro Souza / Atlético)

(Pedro Souza / Atlético)

Quando Nathan Silva cabeceou para as redes do Atlético-GO, aos 13 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio de Nacho Fernández, parecia que a noite deste domingo (17) seria do Galo. Mas não foi! A festa alvinegra naquele momento precedia um acúmulo de erros do setor defensivo, culminando na virada do Dragão, por 2 a 1, e dando fim a uma invencibilidade de 18 jogos consecutivos do Alvinegro no Brasileirão (14 triunfos e quatro empates).

Os gols que garantiram a vitória dos goianos, no estádio Antônio Accioly, foram marcados por Janderson, aos 19, e Oliveira, aos 35 da etapa complementar. Resultado este que coloca uma pressão aos comandados de Cuca na busca pelo título nacional.

Ainda nesta noite, às 20h30, o Flamengo pega o Cuiabá, no Maracanã, podendo diminuir para oito pontos a diferença em relação ao líder. O Galo tem 56 pontos, e o Urubu, 45.

Líder da Série A, o Atlético encara o Cuiabá, no próximo domingo (24), às 16h, no Mineirão. Antes, enfrenta o Fortaleza na quarta-feira (20), às 21h30, também no Gigante da Pampulha, pela ida das semifinais da Copa do Brasil.Pedro Souza / Atlético

O jogo

Apesar de maior posse de bola (67%) e de ter finalizado mais a gol que o Atlético-GO (oito chutes contra quatro), o Galo não conseguiu converter em gol sua superioridade no primeiro tempo. Os números são do SofaScore. O Dragão, por sua vez, assustou em duas oportunidades, mas Everson salvou o Alvinegro. Há de ressaltar que os mineiros reclamaram de uma penalidade não assinalada pela arbitragem.

Na segunda etapa, a bola parada foi a aliada do Atlético aos 13 minutos, quando Nathan Silva aproveitou o escanteio cobrado por Nacho para abrir o placar. Só que o destino não iria sorrir para os visitantes. Seis minutos depois, Tchê Tchê errou na saída de bola, e Janderson empatou. E aos 35, Oliveira virou o placar.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 2
Fernando Miguel; Arnaldo (Oliveira), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas (Marlon Freitas), Willian Maranhão; Ronald (João Paulo), André Luís, Zé Roberto (Montenegro) e Janderson
Técnico: Eduardo Souza

ATLÉTICO 1
Everson; Guga (Hyoran), Nathan Silva, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê (Dylan), Zaracho (Calebe) e Nacho Fernández; Keno (Sasha) e Hulk
Técnico: Cuca

DATA: 17 de outubro de 2021 (domingo)
LOCAL: Estádio Antônio Accioly
CIDADE: Goiânia
MOTIVO: 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima, todos de São Paulo
VAR: Pericles Bassols Pegado Cortez (SP)
CARTÃO AMARELO: Zé Roberto (Atlético-GO)
GOLS: Nathan Silva, aos 13 minutos do segundo tempo (Atlético); Janderson, aos 19 minutos do segundo tempo, e Oliveira, aos 35 minutos do segundo tempo (Atlético-GO)

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por