réver, jair, igor rabello, galo, atletico

A lista de pendurados com três cartões amarelos no Atlético tinha quase um time inteiro antes de a bola rolar contra o Fluminense. E no empate em 1 a 1 com o Tricolor Carioca no Maracanã na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro o Galo perdeu três dos dez atletas que estavam à perigo, todos do setor defensivo.

Para a partida contra o Athletico-PR no próximo domingo (24) no Mineirão, pela 34ª rodada do Brasileirão, a zaga titular, Réver e Igor Rabello, além do volante Jair não estará à disposição do técnico Vagner Mancini, que precisará encontrar soluções viáveis para o encontro com a equipe parananese. 

"Disso eu já estou conformado (possibilidade de suspensões). Acho que temos 11 atletas, tínhamos. Agora temos oito (pendurados, agora na verdade são sete). Na reta final do campeonato, os jogos passam a ser mais truncados. O lado emocional joga muito. O adversário, como de hoje (sábado, o Fluminense), quer defender o 1 a 0 de todo jeito. Então você começa a se enervar em campo", explicou o treinador.

Para as vagas de Réver e Igor Rabello os substitutos devem ser Leonardo Silva e Maidana. Já o substituto de Jair pode ser o paraguaio Ramón Martínez, que ficou fora da partida no Maracanã por servir à Seleção do Paraguai na data Fifa. Em outro caso o meia-atacante Luan pode ser deslocado para, improvisado, exercer a função.

Jair, inclusive, cumpre suspensão justamente no momento em que retornava ao time titular. O volante ficou fora por um mês e meio para tratar uma leão na coxa direita. O jogador não participava de um jogo oficial desde a eliminação para os argentinos do Colón, na semifinal da Copa Sul-Americana. 

Agora os pendurados no Galo são: o atacante Di Santo, o lateral-esquerdo Fábio Santos, o volante José Welison, o zagueiro Leonardo Silva, o meia-atacante Luan, o também lateral-esquerdo Lucas Hernández e o meia Vinícius.