O Atlético montou uma comissão para tratar da volta de torcedores aos jogos do time, de acordo com o protocolo definido pela Prefeitura de Belo Horizonte. Essa reunião envolvendo membros do clube aconteceu nesta quarta-feira (28).

Em nota, o Galo divulgou que vai traçar o planejamento, incluindo testes para Covid-19 nos torcedores, visando ao duelo do dia 18 de agosto, com o River Plate, no Mineirão, pela partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores da América.

"A diretoria assumiu a responsabilidade de negociar diretamente com as principais redes laboratoriais da cidade, para evitar fraudes nos testes, e também para que se ofereça a melhor solução de atendimento e preço para os cerca de 16 mil torcedores que poderão ir ao estádio (30% da capacidade do Mineirão, que é de 54 mil pessoas)", escreveu.

Essa comissão alvinegra definirá nos próximos dias o valor dos ingressos e detalhes da venda, que será feita de forma digital.

“A despeito da restrição quanto ao número de torcedores, o Clube definiu que os sócios-torcedores terão prerrogativa na compra dos ingressos e que os descontos estabelecidos nos seus planos serão respeitados”, diz em outro trecho da nota.

Confira abaixo a nota na íntegra:

“O Clube Atlético Mineiro informa que sua diretoria se reuniu hoje à tarde para tratar exclusivamente da volta dos torcedores aos jogos do Clube, nos termos do protocolo definido pela PBH (Prefeitura de Belo Horizonte).

Foi montada uma comissão para cuidar especificamente do tema, cujo objetivo será o de fazer o planejamento da volta do torcedor ao estádio já para o jogo do dia 18 de agosto, pela Copa Libertadores, contra o River Plate, no Mineirão.

Por determinação do presidente Sérgio Coelho, o Clube não medirá esforços para que essa operação seja feita da forma mais exemplar possível.

Para isso, a diretoria assumiu a responsabilidade de negociar diretamente com as principais redes laboratoriais da cidade, para evitar fraudes nos testes, e também para que se ofereça a melhor solução de atendimento e preço para os cerca de 16 mil torcedores que poderão ir ao estádio (30% da capacidade do Mineirão, que é de 54 mil pessoas).

Nos próximos dias, a comissão vai definir o valor dos ingressos e a logística de venda (que será 100% digital) e da testagem.

A despeito da restrição quanto ao número de torcedores, o Clube definiu que os sócios-torcedores terão prerrogativa na compra dos ingressos e que os descontos estabelecidos nos seus planos serão respeitados.”

Atlético